sábado, 28 de março de 2015

MATCHÁ: BENEFÍCIOS

O matchá é extraído da mesma planta que o chá verde, a camellia sinensis, mas tem com um processo de produção diferente, feito de forma artesanal. É elaborado com as folhas mais novas e tenras do chá verde, vindas de plantações protegidas do sol. Depois de colhidas, as folhas são trituradas muito lentamente em um moinho de pedra, até que sejam reduzidas a pó. O gosto herbal é muito pronunciado, é preciso educar o paladar para degustar.
 
O vegetal produz mais clorofila, aminoácidos e l-teanina, que ajudam a dissolver a gordura e a eliminá-la mais rapidamente. Possui substâncias como a cafeína e as catequinas, que estimulam o metabolismo e, com isso, podem auxiliar na perda de peso.

O matchá também é diurético e, assim, diminui inchaço e retenção hídrica, e auxilia na perda de peso, porém esta perda depende da reação do organismo de cada um e de outros hábitos, como alimentação e atividade física. Os pesquisadores constataram que homens saudáveis que consumiram a bebida durante treinamentos de intensidade moderada tiveram um aumento de 17% a 25% na taxa de queima de gordura.
 
O matchá também pode contribuir com o controle do colesterol por ser rico em fibras. Outro benefício é que ele ajuda na recuperação muscular e, por isso, é muito indicado para quem pratica atividades físicas regularmente. Ele ainda tem ação antienvelhecimento, aumento de energia, combate à inflamação e à oxidação, além de redução no risco de câncer de mama, incômodos pré-menstruais e celulite.

Sugestão de Consumo
O consumo recomendado é de 15 g a 20 g por dia. Além do tradicional chá, o produto pode ser ingrediente de smoothies, sorvetes, iogurtes, sucos, vitaminas. Como ele é em pó, algumas pessoas utilizam no preparo de bolos e pães.

Nenhum comentário:

Postar um comentário