quarta-feira, 29 de agosto de 2012

ALFARROBA E SEUS BENEFÍCIOS

A  alfarroba (Ceratonia siliqua L.) é uma leguminosa tropical que se desenvolve em lugares secos. Suas vagens após secagem, trituração e torrefação dão origem ao pó ou farinha de alfarroba, que possui cor e aroma similares ao cacau.

Ela contém baixo teor de metilxantinas (cafeína, teobromina e teofilina), estimulantes que em grandes quantidades são responsáveis por efeitos fisiológicos adversos, como o aumento da estimulação do sistema nervoso, insônia, ansiedade e irritação.

A farinha é rica em fibras (pectina) que auxiliam na motilidade intestinal e, além disso, a alfarroba é pobre em gorduras (0,7%).

Estudos identificaram 41 compostos fenólicos na alfarroba e afirmam que a mesma pode apresentar alta capacidade antioxidante. Além disso é rica em vitaminas e minerais como:

• Betacaroteno: atua na saúde da pele, dos olhos e das mucosas, aumenta a resistência a agentes infecciosos;
• Vitamina B1: favorece a absorção de oxigênio pelo cérebro, equilibra o sistema nervoso e assegura o crescimento normal de crianças;
• Vitamina B2: benefícios para a visão e diminuição do cansaço ocular, mantém a saúde da pele, unhas, cabelos e mucosas;
• Niacina: auxilia na produção de hormônios sexuais e auxilia no processo digestivo;
• Cálcio: atua na formação de ossos e dentes e na condução de impulsos nervosos;
• Ferro: importante para a formação de hemoglobina no sangue e oxigenação das células.

Além dessas propriedades, não possui potencial alergênico. Porém se consumida em grande quantidade, como possui alta concentração de taninos, levaria a sensação de adstringência e poderia impedir a absorção de proteínas consumidas pela dieta.

Pode ser utilizada em preparações de mingaus, bolos e tortas, além de poder ser consumida na forma de chocolate (chocolate de alfarroba).

COOKIES DE ALFARROBA

Ingredientes
70 g  farinha de trigo
30 g farinha integral
20 g  flocos de aveia integral
50 g  margarina vegetal
40 g açúcar mascavo
1 colher (sopa) de mel
1 colher (sopa) farinha de alfarroba
1 colher (chá) alfarroba em pó
1 colher (chá) canela
½ colher (chá) bicarbonato de sódio
½ colher (chá) fermento
2 colheres (sopa) iogurte natural
amêndoas granuladas

Modo de Fazer
Bata, na batedeira, a margarina em temperatura ambiente com o açúcar e o mel até obter um creme esbranquiçado e fofo. Adicionar a este creme as farinhas, a aveia, a alfarroba, o iogurte e misture bem. Por fim, junte o fermento, o bicarbonato e a canela. Faça uma bola com esta massa e leve a geladeira durante 2 horas. Ao fim deste tempo, forme pequenas bolas com a massa e achate-as ligeiramente com a palma da mão para obter o formato de pequenos cookies. Coloque num tabuleiro, forrado com papel vegetal, polvilhar com amêndoa laminada e leve ao forno (160ºC) durante 20 minutos.

PUDIM DE ALFARROBA

Ingredientes
500 ml de leite de soja
2 colheres (chá) de farinha de alfarroba
½ colher (chá) de alfarroba ou cacau em pó
2 colheres (chá) de gelatina agar-agar ou 2 folhas de gelatina
2 colheres (chá) de açúcar mascavo
50 g de amêndoas lascadas

Modo de Fazer
Numa panela coloque a alfarroba, o cacau e açúcar. Adicione um pouco de leite e mexa até dissolver bem. Acrescente o resto do leite e o agar-agar. Leve ao fogo e deixe ferver até atingir um ponto cremoso. Coloque o pudim em pequenas formas previamente untadas com caramelo líquido. Leve a geladeira por 2 horas. Desenforme passando as formas por água quente. Decore com as amêndoas lascadas.

terça-feira, 28 de agosto de 2012

NOZES: BENEFÍCIOS


A noz é um alimento proveniente de um fruto da árvore nogueira, comum da Europa e da Ásia. Seus principais nutrientes são: ômega 3 e 6, vitaminas A, C, E e do complexo B, zinco, potássio, ferro, magnésio, fósforo, selênio e arginina, um aminoácido, proteínas. Apesar de todos os nutrientes é bastante calórica, aproximadamente 698 Kcal em 100 g. 
 
1. Habilidades neuronais
Adicionar nozes à sua dieta melhora o desempenho das tarefas que requerem habilidades motoras ou de comportamento em pessoas de idade avançada. De acordo com pesquisadores da Universidade de Boston, nos Estados Unidos, isso acontece porque a noz ajuda a melhorar a conexão entre os neurônios e seu conteúdo em polifenóis e outros antioxidantes.
 
2. Coração saudável
Estudo publicado recentemente na revista The New England Journal of Medicine mostra que uma dieta mediterrânea enriquecida com 30 gramas de frutos secos – dos quais pelo menos metade é composta por nozes – reduz em 30% o risco de sofrer de doenças cardiovasculares. Além disso, a mesma dieta diminui em 49% a possibilidade de sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral).
 
3. Melhor humor

De acordo com estudo recente da Universidade de Barcelona e publicado no Journal of Proetome Research, as pessoas com síndromes metabólicas que incorporam nozes às suas dietas experimentam, em um prazo de 12 semanas, um aumento significativo nos níveis de serotonina. A substância é responsável pela manutenção do bom humor.
 
4. Menos gordura
O mesmo estudo da Universidade de Barcelona mostra que as nozes também podem diminuir o peso, uma vez que a serotonina também é responsável pela melhora na transmissão de sinais nervosos, reduzindo a sensação de fome e a concentração de substâncias relacionadas com a inflamação. A substância também combate a obesidade abdominal, a hipertensão e melhora a saúde cardíaca.
 
5. Super antioxidante

A noz é o fruto seco com mais antioxidantes, de acordo com pesquisa realizada pela Universidade de Scranton, nos Estados Unidos. Segundo o autor do estudo, Joe Vinson, 7 nozes ao dia é suficiente para reduzir o risco de sofrer de diabetes, problemas cardiovasculares e até câncer.
 
6. Combate o Alzheimer
Estudo publicado recentemente na revista Neurochemical Research sugere que o extrato de nozes tem efeitos protetores contra o estresse oxidativo e a morte celular que se produzem no cérebro das pessoas que sofrem de Alzheimer. Isso acontece graças à quantidade de ácido alfa-linolênico (ALA), um ácido graxo ômega-3 de origem vegetal.
 
7. Saúde dos Ossos
As nozes apresentam alto teor de cálcio e, portanto, nos ajudam a manter os ossos resistentes e saudáveis. Idosos e mulheres que sofrem de mudanças hormonais têm grande propensão a sofrerem de osteoporose. Essas pessoas devem consumir nozes, justamente por essa quantidade de cálcio oferecida pelo fruto.

Fonte: Universia Brasil

TORTA CREMOSA DE NOZES

Ingredientes
Massa
1 pacote de biscoito leite e mel
100 g de manteiga
1 caixa de biscoito calipso original

Recheio
1 lata de leite moça
3 ovos
1 colher (chá) de maisena
6 colheres (sopa) de açúcar
1 lata de creme de leite
1 xícara (chá) de nozes picadas

Modo de Fazer
Massa
Bata o biscoito no liquidificador até obter uma farofa fina. Coloque a farofa em uma tigela, junte a manteiga e misture até obter uma massa homogênea. Reserve
Arrume os biscoitos calipso em toda a lateral de uma fôrma de aro removível (26 cm de diâmetro), forre o fundo com a massa de biscoito e reserve.

Recheio
Em uma panela pequena, coloque o leite moça, as gemas peneiradas, a maizena e leve ao fogo baixo, mexendo sempre até obter um creme levemente espesso. Reserve
Bata, na batedeira, as claras em neve firme, junte o açúcar e bata mais um pouco. Retire da batedeira e misture delicadamente o creme de leite. Acrescente o creme de gemas reservado e as nozes Despeje na fôrma com a massa, cubra com papel de alumínio e leve ao freezer por cerca de 12 horas. Desenforme e sirva decorado com nozes trituradas.

MOUSSE SALGADA DE RICOTA E NOZES

Ingredientes
200g de ricota fresca passada pela peneira
½ xícara (chá) de maionese light
1 colher (sopa) de cebola ralada
1 colher (sopa) de salsinha picada
1 colher (sopa) de pimentão vermelho picado
½ xícara (chá) de abacaxi em calda escorrido e picado
1 xícara (chá) de nozes picadas (ou se preferir castanhas)
12 g de gelatina em pó sem sabor dissolvida conforme as instruções da embalagem
sal a gosto

Modo de Fazer
Misture a ricota com a maionese. Junte os demais ingredientes (reserve metade das nozes). Mexa bem e coloque numa forma de 20cm de diâmetro, untada com azeite de oliva. Leve a geladeira por no mínimo 3 horas antes de servir. Desenforme numa travessa e polvilhe com as nozes reservada.

CASTANHA DE CAJU E SEUS BENEFÍCIOS

Essa saborosa castanha é um poderoso aliado do nosso organismo, apesar de pequena, é uma fonte riquíssima de diversos nutrientes que auxiliam em tratamentos e previnem inúmeras doenças e males da saúde.

Sua composição possui uma grande variedade de nutrientes como: proteínas, gorduras, selênio, magnésio, cálcio, ferro, potássio, zinco e fósforo, carboidratos, ácido linoleico, vitamina K, vitamina B1, vitamina B2 e vitamina B5 entre outras…

Benefícios da Castanha de Caju
  • Protege o sistema cardiovascular e controla dos níveis de colesterol
  • Potencializa a absorção do cálcio
  • Aumenta a pré-disposição
  • Auxilia no controle e redução dos níveis de glicose no sangue
  • Excelente ativador cerebral, melhora a memória, concentração, pois contêm de ferro, duas vezes mais que um bife, cujo o mineral, ajuda na oxigenação celular, além de ser ótimo no combate a anemia, pode contribuir na prevenção do mal de Alzheimer
  • Suas propriedades antioxidantes, combate ao envelhecimento celular, por serem ricas em gorduras monoinsaturadas, que podem ajudar a prevenir alguns tipos de câncer
  • Potencializa o bom funcionamento do sistema imune, pois é rica em zinco entre outros
  • Sintomas da Depressão e mau humor podem ser diminuídos com o consumo de castanha de caju, pois são ricas num aminoácido chamado L-triptofano
  • Deve ser consumida com moderação, é um alimento proteico e rico em gorduras o que o torna muito calórico como a maioria das castanhas e amêndoas, recomenda-se o consumo diário de 3 a 5 unidades por dia para se conseguir os efeitos benéficos da castanha, mas para um melhor balanceamento de uma dieta e avaliação de suas necessidades, é necessário uma opinião de uma médico ou nutricionista.

ARROZ INDIANO COM CASTANHA DE CAJU

Ingredientes
1 ½ xícara de arroz basmati
1 colher (sopa) de óleo
400 ml de leite de coco
500 ml de caldo de galinha
½ colher (chá) de cominho em pó
½ colher (chá) de coentro em pó
1 pitada de pimenta-calabresa em flocos
1 colher (chá) de sal
¼ colher (chá) de cúrcuma em pó
1 folha de louro
½ xícara de uva-passa
¾ xícara de castanha de caju

Modo de Fazer
Em uma panela grande esquente o óleo em fogo médio. Refogue o arroz por 2 minutos. Acrescente o leite de coco, o caldo de galinha, o cominho, o coentro, a pimenta, o sal, a cúrcuma, a uva-passa e a castanha de caju picada. Quando ferver, abaixe o fogo e cozinhe até que o arroz esteja macio, cerca de 20 minutos.

PAVÊ DE CASTANHA DE CAJU

Ingredientes
200g biscoito Richester Superiore Maizena (200g)
860 ml de leite
1 colher de (sopa) de amido de milho
2 gotas de essência de baunilha
1 caixinha de creme de leite
5 gemas de ovos
330g de açúcar
400g de castanha de caju, moídas
200g de chocolate ao leite
1 xícara (chá) de licor de chocolate

Modo de Fazer
Creme Inglês
Ferva ½ litro de leite e deixe amornar. Passe as 5 gemas de ovos pela peneira, leve-as à batedeira com 150g de açúcar e bata até ficarem esbranquiçadas. Junte ao leite aos poucos, acrescente 1 colher (sopa) de amido de milho e leve ao fogo baixo mexendo sempre até engrossar. Retire do fogo, acrescente 2 gotas de essência de baunilha, 350g de castanha de caju moídas, mexa delicadamente, deixe esfriar e reserve.

Calda
Numa panela pequena, derreta 1 xícara (chá) de açúcar até o ponto de caramelo. Acrescente 1 ½ xícara (chá) de leite e ½ xícara (chá) de água e mexa até dissolver todo o caramelo formado. Retire do fogo e reserve.

Cobertura
Derreta 200g de chocolate ao leite no microondas e deixe esfriar. Acrescente a caixinha de creme de leite, misture bem e reserve.

Num refratário médio coloque camadas alternadas de biscoito maizena umedecidos no licor de chocolate, creme inglês com castanha de caju, calda caramelada, terminando com a cobertura de chocolate. Decore com castanhas de caju picadas e leve à geladeira por 2 horas antes de servir.

sábado, 25 de agosto de 2012

ÔMEGA 3: BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE


Estudos revelam que o ômega 3 (presente em alimentos como o óleo de peixe) tem poderoso efeito anti-inflamatório, como na redução da inflamação nas articulações. Diminui o risco de artrite e retarda o envelhecimento precoce da pele, prevenindo rugas. Desempenha também papel de extrema importância na regulação da função celular e mantém a flexibilidade e elasticidade da pele, diminuindo também os efeitos negativos dos raios UV sobre a pele.

Ajuda também na saúde ocular, pois previne a síndrome do olho seco e o desenvolvimento da degeneração macular. Mais importante, seu uso previne doenças como: doença de Alzheimer, diabetes, hiperatividade, distúrbios de déficit de atenção e depressão.


A memória, a agilidade de raciocínio, o humor; tudo isso pode ser influenciado pela presença ou não desse ácido graxo essencial em nosso cérebro. Mais de 20% de nosso cérebro é formado por substâncias gordurosas que tem importantes  funções. O ômega 3 é componente da membrana externa das células do cérebro; sendo que todos os sinais nervosos fluem através dessa membrana. A deficiência de ômega 3 nessas membranas faz com que o cérebro fique “preguiçoso”, tornando as respostas mais lentas e, se a situação se torna frequente, o cérebro entende que esta é sua nova maneira de funcionar. Aí começam os problemas de memória, dificuldade de aprendizado e variações de humor se torna constante.

Os benefícios do ômega 3 vão muito além dos citados acima. O consumo regular de ômega 3 pode auxiliar a:

• Diminuir o desconforto da TPM
• Fortalecer o cérebro
• Normalizar a circulação sanguínea e o ritmo do coração
• Evitar doenças auto imunes
• Controlar da pressão arterial
• Dificultar o desenvolvimento de processos inflamatórios
• Combater a osteoporose por aumentar a absorção do cálcio
• Diminuir os níveis de triglicerídeos no sangue

Alimentos com Ômega 3

Os alimentos com maior quantidade de ômega 3 são:

Sardinha, arenque, salmão, atum

Semente de chia, semente de linhaça

Gema de ovo caipira e nozes

O ômega 3 é subdivido em duas partes, uma de cadeia longa e outra de cadeia curta, sendo que o mais desejado para o consumo humano, pelo seu potencial no organismo, é o ômega 3 de cadeia longa e este só é encontrado nos peixes de águas profundas.

Sugestão de Consumo
A dose diária recomendada de ômega 3 é de 250 mg para adultos; 100 mg para crianças e de 450 mg na gravidez. Consumir peixe de 3 a 4 vezes por semana já é o suficiente para suprir as necessidades semanais de ômega 3.

Quem tiver dificuldade em encontrar os peixes ricos em ômega 3 ou for vegetariano, pode recorrer a suplementos de ômega 3 puro, diariamente, mas sempre sob orientação de um nutricionista.

RISOTO DE SALMÃO

Ingredientes
600 g de salmão em cubos pequenos
5 xícaras (chá) de arroz arbório
5 xícaras (chá) de água fervente
2 colheres (sopa) de manteiga
50 g de alcaparra
1 xícara (chá) de parmesão ralado grosso
1 xícara (chá) de creme de leite
2 dentes de alho amassados
sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Fazer

Derreta 1 colher (sopa) de manteiga numa frigideira e doure levemente o salmão. Em seguida adicione o sal e a pimenta e mantenha no fogo baixo para cozinhar, por uns 3 minutos. Reserve.
Numa panela grande, frite o alho. Junte o arroz, a água fervente e leve para cozinhar em fogo baixo com a panela destampada. Verifique o sal. Quando estiver quase secando a água, junte as alcaparras, o restante da manteiga, o queijo, o salmão e por último o creme de leite. Mexa bem e sirva quente, com batata palha.

ÓLEO DE CHIA

Óleo extraído da Semente de Chia, através da primeira e única prensagem a frio; conserva todas as propriedades nutricionais. Possui sabor suave e agradável, pode ser usado para temperar vários tipos de saladas. Também pode ser consumido "in natura" através da ingestão direta.
 
O Óleo de Chia Extra Virgem é rico em ômega-3 e 6, ácidos graxos essenciais, que ajudam a manter a nossa atividade glandular, principalmente a atividade da glândula tireóide e as glândulas supra-renais;. Os ácidos graxos fornecem a nutrição para as células da pele e são importantes para a manutenção de membranas mucosas. Além disso, eles alimentam os neurônios. Estes ácidos graxos insaturados cooperaram com a vitamina D e permitem que o cálcio se torne disponível para o corpo, ajudando fósforo a promover a conversão do caroteno em vitamina A, bem como, ajudam também a atingir o funcionamento normal do sistema reprodutivo.
 
Sugestões Consumo
Recomenda-se a ingestão de 2 a 3 colheres de sopa por dia.

BOLO INTEGRAL COM ÓLEO DE CHIA

Ingredientes
3 ovos
2 maçãs com casca
1 colher (sopa) de essência de baunilha
1 ½ xícara de açúcar light
2/3 xícara de óleo de chia gourmet
1 xícara de farinha integral
1 xícara de farinha de chia
1 xícara de aveia em flocos
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 colher (sopa) de canela em pó
½  xícara de nozes picadas
¾  xícara de leite desnatado
½ xícara de uva passas


Modo de Fazer
Bata no liquidificador os ovos, o açúcar, o óleo e as cascas das maçãs. Em uma tigela, misture a farinha integral, a aveia e a farinha de chia. Junte as maçãs picadas, as nozes picadas, as uvas passas e a canela. Adicione a mistura do liquidificador e a essência de baunilha. Por último adicione o fermento e mexa delicadamente. Coloque a mistura do bolo em uma assadeira, untada com óleo e farinha. Asse em forno pré-aquecido em 180º C por cerca de 40 minutos. Depois de assado  salpique o bolo com uma mistura de açúcar e canela.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

ÓLEO DE GERGELIM

O óleo de gergelim vem das sementes da planta de gergelim, o que é nativa do Médio Oriente. Ele é mais concentrado do que a própria semente em si e rico em proteínas, minerais (cálcio, cobre, zinco, ferro), vitaminas ( B1, B2 e E), fibras e ômega 3.

Benefícios do Óleo de Gergelim

Saúde do cabelo: O óleo de gergelim tem sido tradicionalmente usado para melhorar a saúde dos cabelos. Ele pode ajudar a escurecer a cor do cabelo e também eliminar a perda de cabelo. Além disso, os efeitos anti-bacterianos do óleo de gergelim pode ajudar a eliminar qualquer um dos patógenos ou corpos estranhos que podem atacar o seu couro cabeludo ou cabelo.
 
Crescimento Ósseo: Existem muitos minerais importantes, que podem ser encontrados no óleo de gergelim, em especial o cobre, zinco e cálcio. Esses três minerais são essenciais para o crescimento dos ossos do corpo, o que significa que, ao manter um nível adequado de óleo de gergelim em sua dieta, você pode ajudar a aumentar a taxa do crescimento ósseo e desenvolvimento. Conforme você envelhece, o óleo de gergelim pode ajudar a evitar a osteoporose e várias outras deficiências relacionadas com a idade dos ossos.
 
Saúde do Coração: O óleo de gergelim contém uma grande variedade de ácidos graxos poliinsaturados, incluindo sesamol e sesamina. Isso pode manter o sistema cardiovascular equilibrado e mantém os níveis de colesterol baixo.
 
Prevenção do Câncer: Óleo de gergelim contém um composto orgânico chamado fitato, que foi diretamente ligado a uma redução no desenvolvimento de câncer. Além disso, os níveis de magnésio no óleo de gergelim são anormalmente elevados, é um mineral essencial, e está diretamente ligado as chances de reduzir o câncer colorretal. O teor de cálcio também é muito benéfico para a prevenção do câncer de cólon.

Saúde da Pele: O óleo de gergelim é rico em zinco, que é um dos minerais mais importantes no corpo para a sua pele. Ele pode aumentar a elasticidade da pele e a suavidade, ajudando a reduzir o aparecimento de manchas no decorrer da idade e eliminar problemas de pele, incluindo o envelhecimento prematuro.

A ansiedade e a depressão: A tirosina é um aminoácido que se encontra em quantidades relativamente elevadas no óleo de gergelim. A tirosina foi conectado diretamente a atividade da serotonina que é liberada no cérebro, o que pode ajudar a melhorar o humor, inundando o corpo com enzimas e hormônios que fazem uma pessoa se sentir feliz. Em outras palavras, quando você está sofrendo de ansiedade ou depressão, o óleo de gergelim pode ajudar a dar-lhe um impulso positivo na direção certa e transformar o seu humor ao redor!

Saúde Bucal: O óleo de gergelim é altamente recomendado por profissionais de odontologia por causa de um processo chamado de óleo de puxar, e colocado o óleo em sua boca e, em seguida, balançando-a em torno antes de cuspi-la. Com óleo de gergelim, este processo tem sido diretamente ligada ao dentes mais brancos, baixos níveis da placa bacteriana, e a proteção contra certos mutantes estreptococos que podem nos fazer muito mal. Os efeitos anti-bacterianos poderosos deste óleo são a principal causa deste aumento na saúde bucal.

Circulação e Metabolismo: Os alto teores de cobre e de zinco significa que o corpo é capaz de funcionar nos seus níveis ótimos, principalmente porque o cobre é necessário para a produção de células vermelhas do sangue. Com a porcentagem significativa de cobre no óleo de gergelim, o seu corpo tem a certeza de obter a quantidade de sangue que flui para os órgãos e tecidos, garantindo um estilo de vida com muita energia e mais saudável.

Inflamação: O cobre é naturalmente uma substância anti-inflamatória, e os níveis elevados de cobre encontrados no óleo de gergelim pode ajudar a reduzir a inflamação e o desconforto de várias condições, tais como a gota e artrite. Ele reduz o inchaço das articulações e fortalece os ossos e vasos sanguíneos, ajudando a manter a sua estrutura forte e resistente por muitos anos, sem que haja inflamação dolorosa.

Cuidados Especiais
 
Quem faz uso de anti-coagulante ou medicamentos para afinar o sangue, deverá consultar o seu médico antes de adicionar óleo de gergelim na sua dieta. Ele reduz a pressão arterial e diminui a viscosidade do sangue, pois a combinação poderia ser potencialmente perigosa.

CARNE ORIENTAL

Ingredientes
400g de filé mignon cortado em tirinhas
1 colher (sopa) de amido de milho
2 colheres (sopa) de óleo de gergelim
1 pimentão vermelho sem pele cortado em rodelas finas
1 colher (sopa) de gengibre picado
10 talos de cebolinha verde cortados em pedaços – use também a parte branca
3 colheres (sopa) de molho de soja light
2 xícaras (chá) de buquês pequenos de brócolis
½ xícara (chá) de água

Modo de Fazer
Polvilhe a carne com o amido de milho. Em uma frigideira grande, aqueça o óleo de gergelim em fogo alto. Frite o pimentão, o gengibre e a cebolinha por 1 minuto e junte a carne. Mexa até a carne perder a cor vermelha. Regue com o molho de soja e junte a água. Cozinhe por 1 minuto, junte o brócolis e cozinhe por mais 3 minutos. O brócolis deve ficar crocante e carne macia. Sirva imediatamente.

ÓLEO DE GIRASSOL: BENEFÍCIOS

O óleo de girassol, extra-virgem extraído a frio, é elaborado a partir de sementes de girassol selecionadas e descascadas, apresentando sabor levemente adocicado semelhante a nozes, aroma agradável e coloração amarelo dourada e conserva todos os elementos nutritivos e as informações energéticas da planta. Pode ser utilizado diretamente sobre os alimentos, em molhos para saladas, maioneses, frituras, etc.

Trata-se de um óleo  rico em vitaminas A, B e E natural (Alfatocoferol), que age positivamente sobre as funções reprodutoras com destacada ação antioxidante, e em ácidos graxos essenciais: ácido linoléico - Ômega 6 (66,8%) e ácido oléico - Ômega 9 (20,9%). Assim sendo, atua sobre a pele, aumentando sua elasticidade, sobre o sistema nervoso e endócrino, tendo seu efeito notado em todas as enfermidades degenerativas e cardiovasculares. Sua atividade é sobretudo observada em casos de hipercolesterolemia, arteriosclerose e problemas relacionados ao sistema nervoso central.

O Óleo de Girassol  também ameniza vários problemas de origem depressiva, além de desconfortos da menopausa e TPM.


Tratamento com Óleo de Girassol


Em 1991, o médico F. Karach, da Rússia, anunciou um tratamento com o óleo de girassol capaz de curar e prevenir diversas doenças, como: bronquite, dores de cabeça, trombose, artrose, eczemas, úlcera no estômago, doenças sanguíneas crônicas, doenças intestinais, encefalite e doenças femininas.


O tratamento consiste apenas em bochechos feitos com o óleo de girassol todos os dias. Desta forma estaremos promovendo dentro de nosso organismo, um verdadeiro processo de cura, onde é possível, de acordo com Karach, curar simultaneamente células, tecidos e órgãos de nosso corpo evitando a destruição da microflora.


Esta terapia com o óleo de girassol atua, ao mesmo tempo, em todo o organismo de maneira preventiva, aumentando o nosso equilíbrio curando-o  a expectativa de vida.
Os bochechos, segundo o Dr. Karach, devem ser feitos todos os dias ao acordar, com uma colher do óleo, por quinze ou vinte minutos. A princípio o óleo estará grosso e, aos poucos, ficará fluido. Ao ser cuspido, deve estar branco leitoso. Não deve ser engolido.


Após cuspir o óleo, deve-se enxaguar a boca duas ou três vezes e então escovar os dentes normalmente. Para que o processo de cura seja acelerado, pode-se fazer esse procedimento até três vezes ao dia, sempre antes das refeições, com o estômago vazio.

PAELLA VEGETARIANA

Ingredientes
1 xícara (chá) de arroz agulhinha integral
1 colher (sopa) de óleo de girassol prensado à frio
1 xícara (chá) de cebola picada
1 dente de alho amassado
2 xícaras (chá) de água
1 xícara (chá) de cenouras cortada em cubos
1 ½ xícara (chá) de ervilha
1 xícara (chá) de grão de bico cozido
¼ xícara (chá) de pimentão vermelho cortado em tiras finas
1 colher (chá) de cúrcuma em pó
sal  e pimenta do reino a gosto

Modo de Fazer
Em uma panela grande, refogue a cebola e o alho, em fogo médio. Adicione a água, o sal, o cúrcuma e deixe ferver. Adicione o arroz integral (lavado) e a cenoura. Cozinhe em fogo baixo até que o arroz fique macio. Acrescente a ervilha, o grão de bico e o pimentão vermelho sobre o arroz. Tampe e cozinhe até que a água tenha sido absorvida. Mexa delicadamente para afofar o arroz e misturar os legumes. Tempere com a pimenta do reino.