sábado, 31 de agosto de 2013

FARINHA DE AMORA: A NOSSA GRANDE ALIADA!!

A Farinha de Amora é rica em fibras, em especial a pectina, sais minerais: potássio, cálcio, magnésio, selênio e fósforo, em vitaminas A e B, ácido elágico e antioxidantes (antocianina).

Benefícios da Farinha de Amora

Auxilia no Processo de Emagrecimento - A pectina (fibra solúvel) presente na farinha de amora possui a capacidade de absorver água e formar um gel no estomago, preenchendo espaço e retardando a velocidade da passagem do alimento para o intestino, promovendo uma maior sensação de saciedade e controlando a ingestão calórica. É o fim da gula e do ataque à geladeira.

Reduz a Absorção de Açúcar e Gorduras - A Farinha de amora tem capacidade de reduzir o nível de açúcar (glicose) do sangue e, por isso ela dificulta o acúmulo de gordura no organismo e combate o colesterol É a despedida das dobrinhas na barriga!

Melhora o Trânsito Intestinal - Por ser muito rica em fibras, a farinha de amora melhora o funcionamento do intestino, item fundamental para o emagrecimento. Ela também ajuda no combate à retenção de líquido.

Combate o Envelhecimento - É rica em flavonoides e polifenóis, substâncias antioxidantes que combatem o excesso de radicais livres e assim, previnem o envelhecimento precoce das células e outros tecidos, além de prevenir o câncer. Pele linda e jovem!

Além dos benefícios citados a farinha de amora também ajuda a amenizar os sintomas da tensão pré-menstrual (TPM) e menopausa, a melhorar a memória, combate doenças do coração, a osteoporose, reumatismo, gota, artrite, bem como, afecções da boca (aftas) e infecções da garganta.

Sugestão de Consumo
Para aproveitar todos os benefícios da farinha de amora, recomenda-se uma ingestão de 2 colheres de sopa ao dia, 30 minutos antes do almoço e do jantar, misturada em líquidos como sucos, chás, vitaminas, no iogurte ou polvilhada sobre frutas.

Para adaptação do organismo recomenda-se iniciar o consumo com 1 colher de sopa ao dia e evoluir conforme aceitação.

PANQUECA INTEGRAL COM FARINHA DE AMORA

Ingredientes
1 clara
1 colher (sobremesa) de aveia em flocos
1 colher (sobremesa) farinha de amora
½ banana amassada
1 colher (sopa) de amoras frescas
1 colher (chá) de óleo de coco
canela a gosto

Modo de Fazer
Bata a clara, a aveia e a farinha de amora no liquidificador. Coloque em uma tigela, acrescente à banana amassada, as amoras, a canela e misture bem. Coloque a massa na frigideira com pouco (um fio) de óleo de coco para não grudar. Ela doura rápido, quando desgrudar vire a panqueca para dourar dos dois lados. Não é necessário colocar açúcar na massa, fica bem leve. Coloque um fio de mel sobre a panqueca ainda quente ou passe geleia sem adição de açúcar.

SUCO DE UVA, FARINHA DE AMORA E ÁGUA DE COCO

Ingredientes
1 xícara ( chá) de uva de sua preferência
1 xícara (chá) de amoras frescas
1 colher (sopa) de farinha de amora
500 ml de água de coco
açúcar mascavo ou frutose a gosto


Modo de Fazer
Bata todos os ingredientes no liquidificador, coe numa peneira e sirva a seguir.

GRÃO DE BICO: ESTE ALIMENTO VALE OURO

O grão de bico é riquíssimo em minerais como:  ferro, zinco, potássio, manganês, cálcio, magnésio e ácido fólico. Além uma grande quantidade de proteínas e aminoácidos.

O ferro disponível no grão-de-bico é mais bem aproveitado pelo organismo do que em outros grãos similares, como o feijão e a lentilha. Com relação às proteínas, a valor nutricional é muito superior à das demais leguminosas, porque essas proteínas são melhor aproveitadas pelo corpo.

O grão-de-bico também é considerado uma excelente fonte de manganês, mineral essencial que atua na síntese de diversas enzimas importantes, relacionadas à produção de energia e as defesas antioxidantes.

Aumento da Serotonina
O grão-de-bico apresenta uma boa biodisponibilidade, assegurando a oxigenação no cérebro. Há também a síntese de mielina — um isolante elétrico que permite uma condução mais rápida e eficiente dos impulsos nervosos - o que pode melhorar o raciocínio, a disposição física e também o humor.

É repleto de triptofano, aminoácido essencial para a produção da serotonina, aquela famosa substância que garante a sensação de bem-estar. Alguns estudos afirmam que o grão-de-bico possui o mesmo efeito que o chocolate na produção de serotonina, com a vantagem de estar livre das gorduras e carboidratos presentes no mesmo, o que conferiu ao grão-de-bico o título de “grão da felicidade”.

Saúde da Mulher
Ele acumula fito-estrógenos, por isso já começa a ser usado em terapias de reposição hormonal na menopausa. Essas substâncias, também chamadas de hormônios vegetais, têm se mostrado capazes de prevenir a osteoporose e problemas cardiovasculares (embora não tanto quanto a soja).

Saúde do Coração
O grão de bico, devido à sua grande quantidade de amido, é usado pelo nosso organismo como fonte de energia. É pobre em água e gorduras, e está isento de colesterol. O grão-de-bico ainda possui ômega 3 e 6, que evitam doenças circulatórias e coronárias.

Segundo estudos, o grão-de-bico é capaz de reduzir o colesterol total e o colesterol ruim (LDL). Os pesquisadores acreditam que o resultado esteja associado à presença dos ômegas-3 e 6, que estão relacionados à diminuição do índice de gorduras no sangue e à prevenção de doenças cardiovasculares, como infartos e AVC. As fibras presentes nessa leguminosa são geralmente solúveis em água, por isso o grão-de-bico também colabora para o bom funcionamento do coração, pois diminui a absorção de açúcar, gordura e colesterol.

SALPICÃO DE GRÃO DE BICO

Ingredientes
2 xícaras (chá) de grão de bico cozido
1/2 xícara (chá) de cenoura ralada no ralo grosso
1 talo de salsão cortado em tiras bem finas
4 colheres (sopa) de uvas-passas
1 xícara (chá) de peito de frango desfiado
4 colheres (sopa) de cheiro verde bem picado
4 colheres (sopa) de maionese light
4 colheres (sopa) de creme de leite light
1 colher (chá) de sal


Para decorar
1 pé de alface americana picado
2 colheres (sopa) de nozes picadas


Modo de Fazer
Misture todos os ingredientes do salpicão. Leve à geladeira. Na hora de servir, coloque em uma saladeira, decore coma alface e as nozes e sirva.

HOMUS - PASTA DE GRÃO DE BICO

Ingredientes
250 g de grão de bico
3 dentes de alho
4 colheres (sopa) de Tahine (molho de gergelim)
4 colheres (sopa) de suco de limão
sal e azeite de oliva a gosto


Modo de Fazer
Deixe o grão de bico de molho em água pelo menos 8 horas. Cozinhe-o em uma panela de pressão até ficar macio. Espere esfriar e coloque-o no liquidificador, com o alho, o tahine, o limão, o sal e aos poucos a água do cozimento. Bata até formar uma pasta homogênea. Coloque em uma travessa, regue com azeite e sirva com pão sírio.

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

GENGIBRE E SEUS BENEFÍCIOS

Vegetal nativo da Ásia, o gengibre é uma raiz tuberosa usada tanto na culinária quanto na medicina. A planta assume múltiplos benefícios terapêuticos: tem ação bactericida, é desintoxicante e ainda melhora o desempenho do sistema digestivo, respiratório e circulatório. O gengibre também é um reconhecido alimento termogênico, capaz de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura corporal.

O gengibre apresenta uma substância chamada gingerol, dotada de propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que protegem o organismo de bactérias e fungos. O gingerol é responsável pelo sabor picante do gengibre.

As propriedades terapêuticas do gengibre se devem à ação conjunta de várias substâncias, principalmente encontradas no óleo essencial do gengibre, rico nos componentes medicinais cafeno, felandreno, zingibereno e zingerona.

O gengibre também é rico em substâncias termogênicas que ativam o metabolismo do organismo e potencializam a queima de gordura corporal. 

A raiz é composta por vitamina B6 e minerais como: potássio, magnésio e cobre, mas tais propriedades se tornam pouco relevantes levando-se em conta o consumo diário da planta. Como  se trata de uma especiaria, bastam pequenas quantidades do gengibre no chá ou preparações culinárias para aromatizar as preparações.
 
Benefícios do Gengibre

O gengibre é referência quando se fala em problemas estomacais, pois combate enjoos, gases, indigestão, náuseas causadas pelo tratamento do câncer e perda de apetite. Também auxilia na digestão de alimentos gordurosos. Não é à toa que uma substância presente na raiz do gengibre é usada na fabricação de medicamentos laxantes, antigases e antiácidos.

A raiz também é bastante utilizada para combater o mau hálito, cólica menstrual e até ressaca. Graças ao poder anti-inflamatório, o gengibre ainda é usado para aliviar dores decorrentes da artrite, dores musculares, infecções do trato respiratório, tosse e bronquite. A planta integra a formulação de xaropes por causa de sua ação anti-inflamatória e antibiótica.

O óleo extraído do vegetal é apontado como eficaz no tratamento de queimaduras. Além disso, o gengibre desempenha um importante papel na dieta, pois estimula olfato e paladar, contribuindo com a diminuição do uso do sal para temperar os alimentos. O chá, por sua vez, aumenta o consumo de líquidos, favorecendo a hidratação e ajudando a eliminar as toxinas.

Todas as atividades realizadas pelo corpo consomem energia. Isso inclui o processo digestivo, que pode ser usado a seu favor para emagrecer quando o que está em questão são os alimentos termogênicos, como o gengibre. Esses alimentos são capazes de aumentar o gasto calórico do organismo durante a digestão e o processo metabólico.

Quanto mais difícil for a digestão do alimento, maior será o seu poder termogênico. As substâncias termogênicas contidas no gengibre têm a capacidade de aumentar a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e aumentando a queima de gordura. A termogênese é um processo regulado pelo sistema nervoso e interferências neste sistema podem favorecer o emagrecimento.

O gengibre pode aumentar o gasto calórico em mais de 10%. No entanto, sabe-se que não existem milagres quando o assunto é perder peso. Para que o consumo de gengibre com este objetivo mostre resultado, é necessário aliá-lo à dieta regrada e exercícios físicos.

Sugestão de Consumo
O gengibre pode ser consumido cru, em conserva, como chá ou como óleo. Ele ainda é usado em alimentos e bebidas como agente aromatizante.

Contra Indicações

A princípio, o consumo do gengibre é seguro para a maioria das pessoas. A ingestão da raiz por gestantes deve ser evitada especialmente perto da data do parto, pois ele pode aumentar o risco de hemorragia. Não se sabe muito a respeito da segurança do consumo de gengibre no período de amamentação e, por isso, o ideal é que ele seja evitado.

O consumo de alimentos termogênicos, como o gengibre, não é recomendado para quem tem hipertireoidismo, visto que o metabolismo já está muito elevado, o que aumenta o risco de perda de massa muscular. Além disso, crianças e pessoas com cardiopatias, enxaqueca, úlcera e alergias não devem abusar dos alimentos termogênicos, pois eles podem levar a aumento da pressão arterial, hipoglicemia, insônia, nervosismo e taquicardia. O vegetal também diminui os níveis de glicose no sangue, podendo ser necessário o reajuste das doses de insulina por pessoas que sofram de diabetes.
 
Fonte: minha vida.com.br

RISOTO DE MORANGOS COM GENGIBRE CROCANTE

Ingredientes
180 g de arroz arbóreo
150 ml de vinho branco seco
150 g de manteiga sem sal
900 ml de caldo de legumes
1 cebola branca bem picada
180 g de parmesão ralado
15 morangos cortados em 4
30 g de gengibre cortados em tirinhas finas
100ml de óleo de soja


Modo de Fazer
Aqueça o caldo em uma panela separada e deixe-o ferver. Doure a cebola na manteiga e acrescente o arroz arbóreo. Frite um pouco e acrescente o vinho branco até que esse evapore. Adicione o caldo aos poucos, uma concha de cada vez, sem que essa cubra todo o arroz, e mexa até evaporar por completo e o arroz cozinhar. Desligue o fogo, acrescente o queijo parmesão, a manteiga e os morangos e misture bem. Antes de servir coloque o gengibre crocante. Sirva quente.
Para o gengibre crocante, coloque em uma frigideira o óleo e aqueça bem. Em seguida acrescente as tirinhas de gengibre e frite.
 
Fonte:  Deli Art Cake Creatins

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

AMÊNDOAS: BENEFÍCIOS

As amêndoas são de todas as sementes, as de maior valor nutricional. São ricas em ácidos graxos monoinsaturados como os ácidos oleico e palmitoleico que ajudam a reduzir o “colesterol ruim”, ou LDL, e aumentar os níveis do “colesterol bom”, ou HDL. Por esse motivo, elas previnem problemas cardíacos e auxiliam o sistema cardiovascular.

São também ricas em antioxidantes poderosos, dos quais a vitamina E e vitaminas do complexo B. A vitamina E é excelente para a pele, ajuda na regeneração de tecidos do corpo e mantém uma boa circulação sanguínea. Além disso, a vitamina E também combate o câncer e fortalece o sistema imunológico. As vitaminas do complexo B são importantíssimas para os processos do metabolismo celular, garantindo que todo o corpo funcione bem. Promovem a saúde do sistema digestivo, do sistema neurológico e mantém os músculos saudáveis.

As amêndoas contém alto teor de fibras, que ajudam a regular o intestino e previnem problemas relacionados a um intestino preguiçoso, além de serem excelentes para controlar o peso, impedindo que o trato digestivo absorva muita gordura dos alimentos e dando uma sensação de saciedade.

SALADA DE MAÇÃ VERDE, ESCAROLA E AMÊNDOAS

Ingredientes
1½ xícara (chá) de maçã verde picada com casca
½ xícara (chá) de queijo tipo gorgonzola esmigalhado
½ xícara (chá) de amêndoas torradas
2 miolos de escarola cortados em fatias largas
1½ xícara (chá) de salsão picado
2 colheres (sopa) de vinagre de maçã
1 colher (sopa) de cebolinha picada
2 colheres (sopa) de mostarda
5 colheres (sopa) de azeite extra virgem
sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de Fazer
Em uma tigela pequena, misture o vinagre, a cebolinha, a mostarda e o azeite. Junte 2 colheres (sopa) do queijo gorgonzola e misture bem. Em outra tigela, misture a maçã e o salsão e junte 2 colheres do molho. Na hora de servir a salada, coloque a escarola em uma saladeira ou pratos individuais, adicione a maçã e o salsão e espalhe as amêndoas. Sirva com colheradas do molho e com o queijo restante.

BARRINHA DE COCO E AMÊNDOAS

Ingredientes
Massa
1 pacote de biscoito de chocolate sem recheio esmigalhado
½  xícara (chá) de manteiga ou margarina derretida
¼  de xícara (chá) de açúcar.


Recheio

2 xícaras (chá) de coco seco flocos
1 lata de leite condensado
½  xícara (chá) de amêndoas picadas


Cobertura
1 xícara (chá) de cobertura de chocolate meio amargo picada
1 xícara (chá) de cobertura de chocolate ao leite picada


Modo de Fazer

Massa: Aqueça o forno a 180°C. Em uma tigela média, misture bem o biscoito, a manteiga e o açúcar. Transfira a massa para uma assadeira de 28 cm x 18 cm, sem untar, e forre o fundo pressionando-a de maneira uniforme. Asse por dez minutos. Deixe esfriar.

Recheio: Misture todos os ingredientes, menos o chocolate, e espalhe de maneira uniforme sobre a massa. Asse por mais 18 a 20 minutos ou até as bordas ficarem ligeiramente douradas. Retire do forno e deixe esfriar completamente.
 
Cobertura: Em uma panela pequena, junte os dois tipos de chocolate e leve ao banho-maria para derreter. Espalhe o chocolate derretido sobre o recheio e leve à geladeira por quatro horas. Corte em pedaços e sirva na temperatura ambiente.

Dica: Para não manchar o chocolate evite o vapor no banho-maria.

Fonte: M de Mulher

NOZES E SEUS BENEFÍCIOS

A noz é um alimento proveniente de um fruto da árvore nogueira, comum da Europa e da Ásia. Tradicionais nas festas de Natal e Ano novo passaram a ter lugar garantido nas mesas dos brasileiros durante todo o ano devido aos seus benefícios para a saúde. Recentemente, pesquisadores descobriram várias propriedades específicas das nozes que ajudam a baixar o colesterol, proteger contra doenças do coração e melhorar a função dos vasos sanguíneos.

Segundo estudos, comer nozes não leva ao ganho de peso e pode inclusive ajudar no controle dele, porque são ricas em proteínas e fibras, as quais podem contribuir com a saciedade. As pessoas que comem regularmente nozes são menos propensos a sofrer ataques cardíacos ou morrer de doença cardíaca do que aqueles que raramente comem, o que é outra razão para incluir nozes em uma dieta saudável.

Contendo principalmente gorduras “boas”, as nozes são uma das melhores fontes de ômega-3, tão eficazes quanto o azeite na redução de inflamação e oxidação das artérias. São ricas em L-arginina, um aminoácido que melhora a função dos vasos sanguíneos. A arginina também melhora a resposta imunológica, as nozes são as melhores fontes alimentares de arginina. Além disso, as nozes são uma excelente fonte de vitamina E, poderoso antioxidante, essencial para a pele saudável, função imunológica adequada, reparo de DNA e outros processos metabólicos.

As nozes ainda possuem cálcio, zinco e fibras solúveis que ajudam a manter a saciedade e deixam a fome bem longe.

Sugestão de Consumo
Recomenda-se a ingestão de 1 colher de sopa de nozes ao dia. Ela pode ser utilizada em saladas, arroz, salada de frutas, vitaminas, etc.

FETTUCCINE COM NOZES E TOMATE SECO

Ingredientes
250g de fettucine
150ml de leite desnatado
1 fatia de pão de centeio light amanhecido
 25g de queijo parmesão ralado
½ dente de alho
½ xícara (chá) de nozes picadas e tostadas rapidamente na frigideira
25g de tomate seco em tiras
20ml de azeite

 
Modo de Fazer
Cozinhe o macarrão até ficar al dente. No liquidificador, coloque o pão, o leite, o parmesão ralado, o alho, as nozes tostadas e acrescente o azeite em fio. Misture o tomate seco com o macarrão cozido e em seguida coloque a mistura batida no liquidificador. Coloque um pouco da água do cozimento do macarrão e mexa bem. Decore com nozes e salsinha picadas e sirva ainda quente.

PAVÊ DE NOZES

Ingredientes
2 xícaras (chá) de leite
1 xícara (chá) de açúcar
3 gemas 
3 colheres (sopa) de amido de milho
½ colher (sopa) de baunilha
1 ½ xícara (chá) de nozes picadas
1 caixa de biscoitos champagne


Cobertura
1 tablete de chocolate meio amargo
1 caixa de creme de leite
1 colher (sopa) de glucose de milho
 2 colheres (sopa) de licor 
1 xícara (chá) de calda de chocolate


Modo de Fazer
Leve ao fogo o leite com o açúcar, as gemas e o amido, mexendo sempre até engrossar. Retire do fogo e junte a baunilha. Deixe esfriar e misture metade das nozes. Reserve.
Para a cobertura, leve ao fogo, em banho-maria, o chocolate picado com o creme de leite. Retire do fogo e junte a glucose e o licor. Deixe esfriar.
Em uma forma de bolo inglês, forrada com papel-alumínio, alterne camadas de biscoito e de creme, polvilhando as nozes restantes. Finalize com biscoitos. Cubra com filme plástico e leve à geladeira por 4 horas. Desenforme e cubra com a calda.

terça-feira, 20 de agosto de 2013

LINHAÇA: ALIADA DA SAÚDE

A linhaça é considerada um alimento funcional, ou seja, que contém além de seus nutrientes básicos (carboidratos, proteínas, gorduras e fibras), Ômega 3 e Ômega 6 (ácidos graxos poliinsaturados), lignamas (fitoestrógenos), vitaminas A, E, B1 e B6, potássio, magnésio, fósforo, cálcio, ferro, cobre, zinco, manganês e selênio, elementos que podem fortalecer o sistema imunológico, reduzir o colesterol total e o LDL, diminuindo o risco de doenças coronarianas, combater os sintomas da menopausa e TPM, auxiliar no controle da glicemia, diminuindo o risco de diabetes e a reduzir o envelhecimento celular.

Existem dois tipos de linhaça: a marrom e a dourada, as quais podem ser encontradas na forma de semente, farinha, óleo ou cápsulas.
 
A linhaça marrom, nativa da região mediterânea, cultivada com o uso de agrotóxicos, já está adaptada ao solo brasileiro e ao clima quente e úmido. Apresenta casca um pouco mais dura e resistente, o que pode diminuir a biodisponibilidade dos seus nutrientes.

A linhaça dourada, cresce em clima mais frio, cultivada de forma orgânica, é geralmente importada do Canadá. Tem a casca mais fina e seu sabor é mais suave.

Dicas de Consumo: Os benefícios da linhaça se potencializam quando a semente é moída ou triturada, já que sua casca é resistente à ação do suco gástrico e passa sem sofrer digestão no trato gastrointestinal. Um modo fácil de quebrar as sementes é passá-las levemente em um liquidificador. Guardar em pote bem fechado, de preferência de vidro opaco, no refrigerador, e ao abrigo da luz por até três dias. Na rotina alimentar a linhaça (semente, farinha ou óleo) pode ser adicionada a iogurtes, saladas, sucos e vitaminas, usada em receitas de pães, bolos, tortas e massas em geral, para aumentar a quantidade de fibras. Também pode ser utilizada no último cozimento do feijão ou sopa.

MIX SALGADO COM SEMENTE DE LINHAÇA

Ingredientes
1 xícara (chá) de semente de linhaça dourada
½ xícara (chá) de semente de girassol
½ xícara (chá) de semente de amêndoa crua e sem sal

2 colheres (sopa) de gergelim
1 colher ( chá) de sal marinho
½ xícara (chá) de semente de chia

½ xícara (chá) de farelo de aveia
½ xícara (chá) de amaranto flocos
½ xícara (chá) de quinua em flocos


Modo de Fazer
Triture a linhaça, o girassol, a amêndoa e o sal no liquidificador até virar uma farofa. Passe para uma vasilha e misture os ingredientes restantes. Guarde num vidro bem fechado na geladeira. Utilize em saladas, no preparo de pães, panquecas, pizzas ou polvilhe sobre sopas.

MX DOCE COM SEMENTE DE LINHAÇA

Ingredientes
1 colher (sopa) de manteiga sem sal light
4 maçãs pequenas e firmes cortadas em cubos e com casca
3 colheres (sopa) de uva-passa
1 colher (chá) de açúcar demerara
1/3  de xícara (chá) de amêndoa crua e sem sal triturada

2 colheres (sopa) de semente de chia
½ xícara (chá) de linhaça dourada triturada

3 colheres (sopa) de semente de linhaça marrom

Modo de Fazer
Numa frigideira antiaderente, refogue a maçã na manteiga até ficar macia. Coloque a uva passa, o açúcar e a amêndoa e refogue até ficar com o aspecto de granola. Junte a linhaça e retire do fogo. Deixe esfriar, transfira para um pote de vidro bem fechado e guarde na geladeira. Utilize em salada de frutas ou polvilhe sobre o sorvete.