sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

FARINHA DE AMORA

A farinha de amora é rica em fibras, em especial a pectina, sais minerais: potássio, cálcio, magnésio, selênio e fósforo, em vitaminas A e B, ácido elágico e antioxidantes (antocianina).

Benefícios da Farinha de Amora

Auxilia no Processo de Emagrecimento
A pectina (fibra solúvel) presente na farinha de amora possui a capacidade de absorver água e formar um gel no estomago, preenchendo espaço e retardando a velocidade da passagem do alimento para o intestino, promovendo uma maior sensação de saciedade e controlando a ingestão calórica. É o fim da gula e do ataque à geladeira.

Reduz a Absorção de Açúcar e Gorduras
A farinha de amora tem capacidade de reduzir o nível de açúcar (glicose) do sangue e, por isso ela dificulta o acúmulo de gordura no organismo e combate o colesterol É a despedida das dobrinhas na barriga!

Melhora o Trânsito Intestinal
Por ser muito rica em fibras, a farinha de amora melhora o funcionamento do intestino, item fundamental para o emagrecimento. Ela também ajuda no combate à retenção de líquido.

Combate o Envelhecimento
É rica em flavonoides e polifenóis, substâncias antioxidantes que combatem o excesso de radicais livres e assim, previnem o envelhecimento precoce das células e outros tecidos, além de prevenir o câncer. Pele linda e jovem!

Além dos benefícios citados a farinha de amora também ajuda a amenizar os sintomas da tensão pré-menstrual (TPM) e menopausa, a melhorar a memória, combate doenças do coração, a osteoporose, reumatismo, gota, artrite, bem como, afecções da boca (aftas) e infecções da garganta.

Sugestão de Consumo
Para aproveitar todos os benefícios da farinha de amora, recomenda-se uma ingestão de 2 colheres de sopa ao dia, 30 minutos antes do almoço e do jantar, misturada em líquidos como sucos, chás, vitaminas, no iogurte ou polvilhada sobre frutas.
Para adaptação do organismo recomenda-se iniciar o consumo com 1 colher de sopa ao dia e evoluir conforme aceitação.

PANQUECA INTEGRAL COM FARINHA DE AMORA

Ingredientes
1 clara
1 colher (sobremesa) de aveia em flocos
1 colher (sobremesa) farinha de amora
½ banana amassada
1 colher (sopa) de amoras frescas
1 colher (chá) de óleo de coco
canela a gosto
 
Modo de Fazer
Bata a clara, a aveia e a farinha de amora no liquidificador. Coloque em uma tigela, acrescente à banana amassada, as amoras, a canela e misture bem. Coloque a massa na frigideira com pouco (um fio) de óleo de coco para não grudar. Ela doura rápido, quando desgrudar vire a panqueca para dourar dos dois lados. Não é necessário colocar açúcar na massa, fica bem leve. Coloque um fio de mel sobre a panqueca ainda quente ou passe geleia sem adição de açúcar.

FARINHA DE MARACUJÁ: BENEFÍCIOS

A farinha de maracujá é produzida a partir da casca e sementes secas e moídas do maracujá e tem propriedades muito interessantes para o organismo, principalmente ao se tratar da absorção de açúcar e gorduras pelo nosso organismo.

A farinha de maracujá é rica em pectina: substância, que ao ser ingerida  se transforma em um gel que bloqueia parte da absorção de gorduras e carboidratos pelo nosso organismo e dando uma sensação de saciedade. Com essa propriedade é possível uma redução dos níveis de colesterol e principalmente um grande auxilio para uma dieta balanceada com a intenção de emagrecimento.

A pectina também é capaz de reduzir a velocidade com que o nosso organismo absorve o açúcar, dessa forma também ajuda a reduzir os níveis de glicose no nosso sangue. Essa propriedade além de ajudar na dieta emagrecedora é crucial para as pessoas que tem diabetes.

Além da pectina a farinha ou fibra de maracujá tem muitas fibras que fazem com que o intestino fique regulado (deve-se tomar bastante água), essa propriedade também melhora muito a função de todo organismo ajudando a limpar resíduos que nos fazem mal e ajudando a diminuir tanto o colesterol como a diabetes.

A farinha de maracujá também é repleta de vitaminas e minerais essenciais para o nosso organismo, como o fósforo, ferro e vitaminas B. Essas substâncias são capazes de melhorar as redes neurais auxiliando na memória, alivio do estresse e ansiedade e dando mais ânimo, além disso, ainda auxiliam a fortificar os ossos e melhoram a circulação.

Sugestão de Consumo

Recomenda-se a ingestão de 1 a 2 colheres de sopa por dia, antes do almoço e do jantar. Pode ser consumida com água, sucos, iogurte ou ainda adicionada a receitas de bolo, pães, etc.

PÃO COM FARINHA DE MARACUJÁ


Ingredientes
1 ovo
2 copos americanos de farinha de trigo integral
3 colheres (sopa) de farinha de maracujá
1 copo de farinha de centeio
¼ copo de sementes de linhaça
1 copo de água
2 colheres (sopa) de óleo vegetal
2 colheres (sopa) de adoçante dietético para culinária forno e fogão
2 ½ colheres (chá) de fermento biológico seco instantâneo
sal a gosto


Modo de Fazer
Misture todos os ingredientes secos. Acrescente em seguida os demais ingredientes e misture até obter uma massa firme e homogênea. Deixe descansar por 20 minutos para que cresça. Coloque em forma própria para pão e asse em forno médio por aproximadamente 50 minutos.

GERGELIM E SEUS BENEFÍCIOS


ESPETINHO DE FRANGO COM GERGELIM

Ingredientes
1 pote (150g) cream cheese
3 peitos de frango batidos
1 colher (chá) de coentro picado
3 ovos
1 xícara de farinha de trigo
2 xícaras de gergelim tostado
3 colheres (sopa) de azeite
sal e pimenta a gosto


Modo de Fazer
Tempere o peito de frango com sal e pimenta. Reserve. Misture o cream cheese com o coentro. Corte o peito de frango em tiras, coloque o recheio de cream cheese, passe na farinha, no ovo, no gergelim e prenda com um espeto. Esquentar uma frigideira com óleo e frite os espetinhos

Fonte: Philadelphia

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

OLEO DE CHIA

ÓLEO DE ABACATE: BENEFÍCIOS

O óleo de abacate (Persea americana Mill) é extraído da polpa da fruta madura. Encontramos em sua composição várias substâncias  que podem trazer diversos benefícios à saúde. Entre as mais ativas temos sais minerais, lecitinas, fito esteróis (beta-sitosterol, especialmente), gorduras monoinsaturadas, ômega 9, vitamina A, vitamina E e a glutationa (poderoso antioxidante).

Benefícios do Óleo de Abacate

Saúde do Coração: O óleo de abacate é constituído de 60 a 84% de ácidos graxos insaturados e se destaca pelo seu alto teor de ácido oleico, uma gordura monoinsaturada que colabora para a redução do LDL (colesterol ruim) e aumento do HDL (bom colesterol), auxiliando na prevenção contra doenças cardiovasculares. O beta-sitosterol, fitosterol presente no abacate, também colabora para a saúde do coração, equilibrando os níveis de colesterol.

Emagrecimento: O beta-sitosterol auxilia na redução dos níveis de cortisol, hormônio liberado em maior quantidade em situações de estresse e que está relacionado ao aumento da compulsão alimentar e do acúmulo de gordura na região abdominal.

Saúde da Próstata: O beta-sitosterol pode auxiliar no tratamento da hipertrofia prostática benigna. Há evidências de que os fito esteróis possam reduzir o risco de câncer de próstata.

Diabetes: Estudos mostram a ação do beta-sitosterol no controle da glicemia e dos níveis de insulina em pacientes diabéticos, sendo um coadjuvante no controle da doença.

Imunidade: O beta-sitosterol melhora a imunidade aumentando a atividade de células que agem matando micro-organismos invasores, sendo auxiliar no tratamento de infecções e doenças como câncer e HIV.

Saúde dos Olhos: O óleo de abacate contém um carotenoide chamado luteína, que previne contra doenças nos olhos como catarata e degeneração macular.

Saúde da Pele e Cabelos: Possui altíssimo teor de vitamina E - de ação antioxidante - que inibe a formação de radicais livres, ajudando a diminuir os sinais do envelhecimento.

Sugestão de Consumo
O óleo de abacate pode ser encontrado em cápsulas ou na forma líquida.

Cápsulas: ingestão de 2 a 4 cápsulas ao dia, após a principal refeição. Ingerir com líquido.
Líquido: o ideal é consumir 1 colher (sopa) por dia.

O óleo de abacate pode ainda ser utilizado na cozinha no preparo de molhos para tempero de saladas, para regar hortaliças cozidas, e na finalização de pratos quentes, inclusive refogados e frituras.  Isso porque comparado a outros óleos vegetais, o óleo de abacate é mais estável a altas temperaturas, podendo ser utilizado em preparações no fogão, sem alterar sua estrutura química.
O óleo de abacate também pode ser utilizado como cosmético, aplicando diretamente sobre a pele, auxiliando na prevenção de rugas, redução da flacidez e de manchas na pele, bem como, aplicando sobre os cabelos secos, para recuperar a maciez e brilho dos fios. http://img2.blogblog.com/img/icon18_edit_allbkg.gif