quarta-feira, 29 de junho de 2016

DAMASCO E SEUS BENEFÍCIOS

O Damasco pertence à família Rosaceae, na mesma família como nectarina e pêssego; é cultivada em todas as regiões temperadas do mundo. O fruto de damasco é nativo da China, que foi introduzido para os Estados Unidos no século 18 por missionários espanhóis, e agora é cultivada no Norte da África Central e Sudeste da Ásia, Sul da Europa.

O fruto de damasco tem o formato oblongo, semelhante à forma de um pêssego. Tem um aveludado, amarelo suave, dourado à cor da pele e da carne de laranja, com um único poço no núcleo. O fruto não é muito saboroso, mas é suave e doce, com uma leve acidez, semelhante ao pêssego e ameixa.

Damasco está em temporada de maio a setembro na América do Norte; a fruta fresca que está disponível nos meses de inverno geralmente é importada da América do Sul ou na Nova Zelândia.

Os frutos de damasco podem ser comidos crus, como frutas frescas, mas também secos, cozidos, preservado como geleia, ou destilado em aguardente e licor; além disso, o seu poço também pode ser extraído em óleo essencial.

Damasco é uma boa fonte de vitamina A, um poderoso antioxidante que sacia os danos dos radicais livres às células e tecidos, e protege as lentes do olho contra os danos dos radicais. É também uma boa fonte de fibras, o que pode prevenir a constipação e manter um sistema digestivo saudável. Além disso, o elevado teor em betacaroteno de alperce ajuda a proteger LDL contra a oxidação, o que pode ajudar na prevenção de doenças cardíacas.

Benefícios do Damasco

• Frutos de damascos contêm poucas calorias, compondo apenas 50 calorias por 100 g de peso. No entanto, damasco é uma rica fonte de fibra dietética, antioxidantes, vitaminas, e minerais. Os frutos são enriquecidos com numerosos fito-químicos benéficos para saúde; que ajuda a prevenir doenças do coração, reduzir o LDL – colesterol ruim, os níveis e oferecer proteção contra o câncer.

• Damascos são excelentes fontes de vitamina A e carotenoides. 100 g de damasco contem 64% dos níveis de diário necessário de vitamina A. Ambos os compostos são conhecidos por terem propriedades antioxidantes e são essenciais para a visão. Vitamina A é também necessária para a manutenção das membranas mucosas e da pele saudável. Consumo de frutas naturais ricas em carotenos ajuda a proteger o corpo contra os cânceres de pulmão e da cavidade oral.

• Os frutos de damasco contêm vitamina C, outro antioxidante natural. Vitamina C ajuda o corpo a desenvolver resistência contra agentes infecciosos e varrer os radicais livres nocivos para o oxigênio.

• Damasco é também uma boa fonte de minerais, tais como potássio, ferro, zinco, cálcio e manganês. O potássio é um mineral saudável para o coração; um componente importante de celulares e fluidos corporais que ajudam a regular a frequência cardíaca e a pressão arterial.

• O damasco possui alta concentração de antioxidantes e poli flavonoides que atuam como catadores de proteção contra os radicais livres derivados do oxigênio e as espécies reativas de oxigênio (ROS), que desempenham um papel no envelhecimento, cancros e vários processos de doença.

• Além disso, zeaxantina , um carotenoide seletivamente absorvida pela retina “macula lútea” aos olhos onde é pensado para fornecer antioxidantes e de proteção funções de filtragem de luz. Assim, o consumo de frutos como damasco, que é rico em zeaxantina, ajuda a proteger os olhos de doença macular – AMRD, especialmente nos idosos.

RISOTO DE BRIE COM DAMASCO E CASTANHA DO PARÁ

Ingredientes
2 xícaras de arroz arbóreo
1 xícara de damasco seco picado
1 xícara de queijo brie picadinho
1/2 xícara de castanha do pará em lâminas
1 xícara de vinho espumante 
50 g de manteiga
3 litros de caldo de legumes
1 cebola picada bem miudinha
sal a gosto

Modo de Fazer
Prepare o caldo de legumes e mantenha-o aquecido no fogo baixo. Aqueça a manteiga, adicione a cebola e deixe até ficar transparente. Em seguida acrescente o arroz e frite por alguns minutos. Coloque o vinho e misture bem. Quando começar a secar vá acrescentando o caldo de legumes da seguinte forma: coloque duas conchas, misture até começar a secar,coloque mais duas conchas e proceda da mesma forma, repetindo isto até o arroz ficar al dente, cremoso mas com caldo. Acrescente o damasco, as castanhas e misture bem, tempere com sal e por último coloque o queijo e desligue o fogo. Se quiser adicione mais uma colher de manteiga pra dar brilho. Sirva com parmesão.

BLUEBERRY: O REI DOS ANTIOXIDANTES

Conhecido como “o rei dos antioxidantes” e “o fruto da juventude”, o mirtilo ou blueberry é uma fruta ainda pouco consumida, riquíssima em nutrientes.

Os Benefícios do Mirtilo

Antioxidante – Conhecido como “o rei dos antioxidantes”, o mirtilo encabeça a lista dos alimentos com maior teor de antioxidantes, superando vegetais como o espinafre, o repolho e os brócolis. Os antioxidantes, como os flavonoides, antocianidinas e resveratrol, são essenciais no combate aos radicais livres, substâncias prejudicais responsáveis pelo envelhecimento precoce e o desenvolvimento de algumas doenças.

Rico em nutrientes – O mirtilo possui um elevado valor nutritivo, rico em vitaminas A, B, C; e sais minerais, como magnésio, potássio, fósforo, cobre, zinco, cálcio, ferro, manganês; pectina, tanino, ácidos cítrico, málico e tartárico.

Anti-inflamatório e protetor das células – Segundo uma pesquisa realizada e publicada no Journal of Nutrition, o blueberry possui ação anti-inflamatória e de proteção celular, auxiliando o organismo no combate às doenças associadas à obesidade.

Anticâncer – A fruta possui ácido elágico e polifenois em sua composição, que estimulam os mecanismos de eliminação de substâncias cancerígenas.

Reduzido valor calórico – O mirtilo é um aliado nas dietas de emagrecimento, já que cada 100 gramas da fruta fornecem apenas 32 calorias.

Redução do mau colesterol – Estudos e pesquisas realizadas em laboratórios dos Estados Unidos indicaram que o blueberry também pode baixar os níveis do mau colesterol (o LDL).

Aparelhos urinário e digestivo – De acordo com estudos realizados, o mirtilo, quando ingerido em forma de chá ou sumo, apresenta componentes que ajudam a prevenir e tratar infecções no aparelho urinário, como a cistite; e problemas relacionados ao aparelho digestivo, como o alívio de inflamações da boca e auxílio na prevenção e tratamento dediarreias, gases intestinais e da colite.

Glicemia e diabetes – Por possuir baixo índice glicêmico, esta fruta contribui na regulação da glicemia (açúcar no sangue), sendo uma ótima opção para as pessoas que possuem diabetes ou intolerância à glicose.

Saúde cardiovascular – As propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias presentes no mirtilo protegem a saúde cardiovascular.

Sugestões de Consumo

O ideal é o consumo de 2 colheres de sopa/dia. O mirtilo pode ser consumido no desjejum, junto com cereais ou saladas de frutas; na forma de vitaminas e sucos, utilizando a fruta desidratada, fresca ou congelada; em recheios de bolos, tortas ou no preparo de geleias; 

BOLO DE ABOBRINHA COM BLUEBERRY

Ingredientes
3 ovos levemente batido
1 xícara de óleo
3 colheres (chá) de baunilha
2 1/3  xícaras de açúcar
2 xícaras de abobrinha ralada
3 xícaras de farinha de trigo
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de fermento em pó
¼ de colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 colher (sopa) de canela em pó
325 g de blueberry desidratado

Modo de Fazer

Preaqueça o forno a 180ºC. Unte levemente 4 formas mini de bolo inglês, ou 2 formas de bolo inglês tamanho normal.

Em uma tigela grande, bata os ovos junto com o óleo, a baunilha e o açúcar. Com cuidado, acrescente a abobrinha. Depois, adicione a farinha, o sal, o fermento, o bicarbonato e a canela, e volte a bater. Transfira essa mistura para as formas preparadas.

Asse todos os bolos no forno preaquecido por 50 minutos paras as formas menores ou 80 minutos para duas formas maiores. Ou, então, até uma faca ser inserida no centro de um deles e sair limpa. Deixe-os esfriar nas formas por 20 minutos. Depois, passe-os para grelhas aramadas de modo que possam esfriar por completo.