sábado, 30 de setembro de 2017

TÂMARA: O MANJAR DOS DEUSES

A tâmara é uma fruta de coloração avermelhada, fibrosa de sabor doce e suave e pode ser consumida crua ou seca. Rica em vitaminas A, B, B5 e C, ferro, potássio, cobre, magnésio e cálcio. Possui açúcares complexos, que são metabolizados pelo organismo de forma demorada. Isso é vantajoso quando temos que manter um ritmo intenso de esforço físico ou mental por um longo período de tempo (esportes de resistência ou provas de longa duração), bem como, alto teor de tiamina e devido a isso as pessoas que fazem uso de IMAO devem ter precauções ao ingerir a fruta para evitar a elevação da pressão arterial.

 Benefícios da Tâmara

• Auxilia na diminuição dos triglicerídeos e no aumento do HDL (colesterol bom).
• Atua como suave laxante, sendo benéfica para pessoas que têm problemas de intestino preso.
• Ajuda no controle da hipertensão.
• Livre de colesterol é ótima opção na luta contra o câncer.
• Auxilia na prevenção de gripes, viroses e outros tipos de infecções nos aparelhos respiratório e urinário.
• Possui efeito tranquilizante, tem a capacidade de relaxar e proporcionar uma sensação de bem-estar.
• Contribui para conciliar o sono e evitar a insônia.
• É aconselhada para quem sofre de alterações hepáticas e de anemia, pois contém quantidades expressivas de ferro.
• Contém de 300 a 600 miligramas de vitamina C, ou seja, entre 50 e 100 vezes mais do que a banana, 8 a 17 vezes mais do que a laranja, 75 a 150 vezes mais do que a pera e 50 vezes mais do que a maçã.

SALADA DE CUSCUZ COM TÂMARAS E CURRY

Ingredientes
1 xícara de cuscuz cozido
250g de moranga cortada em cubinhos pequenos
½  cebola picada finamente
½ xícara de tâmaras secas, picadas
½ xícara de amêndoas em lâminas e tostadas
1 colher (chá)  de curry em pó
1 colher (chá) de massala em pó
sal e pimenta a gosto
azeite de oliva

Modo de Fazer
Coloque a moranga cortada em cubinhos em uma forma, tempere com sal pimenta, regue com um pouco de azeite de oliva e asse a 180 C durante 15 minutos. Enquanto a moranga está no forno, refogue a cebola e quando estiver translucida, misture o curry e a massala em pó e cozinhe por apenas mais 1 minuto. Adicione ao cuscuz e misture bem. Quanto a moranga estiver pronta, deixe esfriar e misture ao cuscuz junto com todos os outros ingredientes restantes. Tempere com sal, pimenta e regue com azeite de oliva.

SEMENTE DE ABÓBORA E SEUS BENEFÍCIOS

Poucas pessoas sabem, mas o uso das sementes de abóbora data do século XVII e é um grão aliado à manutenção da nossa saúde. É uma rica fonte de proteínas, ácidos graxos mono (Ômega 9) e poli-insaturados (Ômega 3 e 6), elevado teor de fibras e de minerais como: zinco, ferro, magnésio, potássio e vitaminas E, A e do complexo B.
 
Benefícios da Semente de Abóbora
 
Saúde do coração: a semente de abóbora possui um óleo rico em ácidos graxos misturados, reconhecidos como benéficos ao sistema cardiovascular. Se consumida diariamente, se torna um redutor das taxas de colesterol e triglicérides. As vitaminas A, B1, B2, E, niacina, ácido fólico e os minerais como: zinco, ferro, magnésio, potássio, manganês, selênio e cálcio estendem seu pacote de benefícios ao coração.
Sistema imunológico: o consumo de semente de abóbora ajuda a fortalecer o sistema imunológico, uma vez que é fonte de zinco, mineral necessário para a diferenciação das células do sistema imunológico.
 
Pele e olhos: rica em vitamina E, possui ação antioxidante – que ajuda no combate ao envelhecimento precoce da pele, bem como das células de todo o nosso organismo. Fonte de vitamina A, contribui para a saúde dos olhos, prevenindo doenças como a degeneração macular.
 
Combate a depressão: as sementes de abóbora são fontes de triptofano, aminoácido precursor da serotonina - hormônio relacionado ao bem estar. Seu consumo está relacionado com a melhora do humor e depressão.
 
Funcionamento do intestino: devido ao elevado teor de fibras, é indicada para prevenção e tratamento da constipação intestinal. Além disso, previne doenças intestinais, pois diminui o contato das substâncias tóxicas que existem no intestino, varrendo e eliminando essas substâncias. As sementes de abóbora também têm ação vermífuga devido ao princípio ativo cucurbitacina.
 
Prevenção de problemas da próstata e urinários: O consumo da semente de abóbora melhora os músculos da bexiga, descongestionando a próstata, por conta de seus lipídios e da grande concentração de zinco. Devido à presença da cucurbitacina, que lhe confere propriedades anti-inflamatórias, já é considerada um dos melhores tratamentos naturais na prevenção de problemas da próstata e urinários.
 
Com todos esses benefícios, a semente de abóbora não pode ficar de fora da sua alimentação.

MOLHO PESTO DE SEMENTE DE ABÓBORA

Ingredientes 
1 xícara de sementes de abóbora descascada
4 colheres (sopa) de azeite
1 xícara de manjericão fresco
1 colher (sopa) de sumo de limão
2 colheres (sopa) de água (ou mais)
½  dente de alho
2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
sal a gosto
 
Modo de Fazer
Em um processador coloque a semente de abobora, o manjericão, o alho e o queijo parmesão e triture na textura que desejar. Acrescente o suco de limão e a água e processe novamente. Adicione o azeite de oliva até obter a consistência desejada.

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

GRANOLA: RICA EM FIBRAS E VITAMINAS

Em 1886 um dos primeiros entusiastas do movimento de alimentos saudáveis e naturais da Europa, o médico suíço Max Bircher-Bennet, decidiu criar uma alternativa de café da manhã para os vegetarianos e proporcionar uma alimentação benéfica e saborosa com a vantagem de ser altamente nutritiva e rica em fibras. Assim nasceu a granola.
 
A granola, geralmente é composta de uma mistura de frutas secas (uva-passa e o coco), cereais (aveia, gérmen de trigo, flocos de arroz, linhaça), frutos oleaginosos (amendoim, castanha de caju e castanha-do-pará) e açúcar (mascavo ou demerara).
 
Para se ter uma ideia, em cada 40 gramas ingeridas de granola tradicional contém 4% de proteína, 25% de vitaminas A, C, B1, B2, B6, B12 e também niacina, ácido fólico, ferro e zinco.
 
Benefícios da Granola    
 
• Auxilia na regularização da função intestinal
• Ajuda a diminuir a absorção de gorduras dos alimentos, reduzindo o risco de doenças cardiovasculares.
• Auxilia no controle da glicemia (o que previne doenças como diabetes), já que contém muitas fibras.
• Previne o envelhecimento das células, devido à presença em especial do zinco e do selênio, por serem antioxidantes.
• Aumenta sensação a saciedade, reduzindo a quantidade de alimentos ingeridos nas refeições.
• Melhora a flora bacteriana, sendo que as fibras solúveis ajudam na alimentação dos micro-organismos da flora intestinal.

PAVÊ DE MAÇÃ COM GRANOLA

Ingredientes
6 maçãs descascadas e cortadas em fatias
1 colher (sobremesa) de amido de milho
1 xícara de leite
100g de chocolate ao leite ralado
2 xícaras de granola
Fatias de maçã para decorar

Modo de Fazer
Cozinhe as fatias de maçã em uma panela tampada e em fogo baixo até ficarem macias. Espere esfriar e bata no liquidificador até obter um purê. Reserve. À parte, dissolva o amido de milho no leite e leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar e formar um creme. Desligue o fogo, junte o chocolate e mexa até incorporá-lo ao creme. Em uma taça grande alterne camadas de creme, de purê de maçã e de granola até terminar os ingredientes. Leve para gelar. Quando for servir decore fatias de maçã.
Dica: Se preferir, faça o creme com chocolate branco.

MACA PERUANA: BENEFÍCIOS

A maca peruana é um tubérculo (raiz) encontrado em uma área restrita do Peru, com o formato parecido com o do rabanete, de cor bege amarelada. É rica em fibras, carboidratos, minerais (principalmente zinco, cálcio e ferro) e vitaminas A, C, D, E e as do complexo B. Com gosto bem suave e levemente adocicado a maca peruana é de bem fácil aceitação.
 
Benefícios da Maca Peruana
 
• Aumenta o rendimento físico e mental.
• Revitaliza as células cerebrais favorecendo a concentração e a memória.
• Diminui o stress ocasionado pelos excessos da vida moderna e a acumulação de fadiga.
• Reativa os processos metabólicos celulares, favorece a revitalização e a capacidade de recuperação do organismo.
• Fortifica o sistema endócrino e estimula de modo natural a produção de hormonas sexuais femininas e masculinas (testosterona e progesterona)
• Melhora a libido, permitindo assim o combate eficaz à diminuição do desejo, da potência sexual.
• Auxilia na prevenção da osteoporose.
• Previne o diabetes por diminuir a velocidade da absorção de glicose, graças ao alto teor de fibras na planta.
• Fortalece a imunidade do organismo e aumenta o poder de cicatrização.
• Ajuda a reduzir os sintomas desagradáveis da menopausa e TPM.

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

ÓLEO DE PRÍMULA: BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE

O óleo de prímula é extraído das sementes da planta medicinal Oenothera biennis L. (Onagraceae), um arbusto originário da América do Norte. Essa planta arbustiva é conhecida em sua região natal como “evening primrose”, que significa que as suas flores amarelas delicadas tendem a abrir ao entardecer. O óleo extraído das sementes é comercializado por todo o planeta, pois é rico em ácidos graxos essenciais, como o ácido gama linolênico, oléico, palmítico, esteárico que não são fabricados pelo corpo naturalmente, bem como, cálcio e vitamina B.
 
Benefícios do Óleo de Prímula

• Fortalece o sistema imunológico.
• Reduz os níveis do colesterol ruim (LDL).
• Atua sobre tumores, e há evidências positivas dos efeitos antitumorais do GLA (ácido gama-linolênico) sobre células de câncer de mama, pâncreas, bexiga, etc.
• Regula as alterações hormonais nas mulheres durante a TPM e a menopausa.
• Previne o envelhecimento precoce da pele, retardando o aparecimento de rugas e pés de galinha, e também a  clarear manchas adquiridas com a exposição solar.
• Ajuda a diminuir significativamente a dor da artrite e reduzir a inflamação, especialmente nos casos de artrite reumatóide, devido ao seu teor de ABL.
• Atua como regulador da temperatura do corpo, regulando também a energia gasta pelo organismo nas atividades diárias.

CHÁ VERDE E SEUS BENEFÍCIOS

Muito popular entre as civilizações orientais, nomeadamente a China e o Japão, o chá verde  é obtido originalmente da folha do arbusto Camellia sinensis. No Brasil o arbusto é cultivado principalmente na região do Vale do Ribeira, no Estado de São Paulo.
O poder do chá verde está em sua composição. Ele contém altas concentrações de antioxidantes como as catequinas, os carotenoides e os flavonoides, estimulantes como à cafeína, minerais: potássio, sódio, manganês, flúor, entre outros, ácido fólico, vitaminas C, K, B1 e B2, além da teofelina, que é um potente vasodilatador.
 
Benefícios do Chá Verde

• Diminui as taxas de colesterol
• Ajuda a controlar a pressão arterial
• Ativa o sistema imunológico
• Diminui o risco de artrose, aterosclerose e outras doenças degenerativas
• Ajuda a reduzir o peso e a percentagem de massa gorda corporal
• Auxilia na prevenção de doenças cardíacas e circulatórias
• Ajuda a neutralizar os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento celular precoce devido à presença dos polifenóis (antioxidantes)
• Melhora os processos cognitivos e pode mesmo atrasar doenças neuro-degenerativas como o Mal de Alzheimer
• Diminui risco de desenvolvimento de alguns tipos de câncer, como de pele, pulmão, ovário e próstata, devido à presença em grande quantidade de bioflavonoides e catequinas, substâncias que bloqueiam as alterações celulares que dão origem aos tumores.
• Ajuda a melhorar a densidade óssea
• Reduz o risco de pedra nos rins
• Previne cáries e ajuda a combater infecção na garganta quando utilizado em bochechos e gargarejos
• Ajuda no tratamento da halitose (mau hálito)
• Indicado para a limpeza de peles oleosas por ser rico em tanino, substância com propriedades anti-séptica e adstringente.

Modo de Fazer e Consumo
O chá verde deve ser preparado com água quente, mas sem ferver e o tempo de infusão não deverá ultrapassar os 3 minutos. Se estas duas condições não forem observadas as folhas ficarão cozidas e o chá terá um sabor amargo. Utilize a proporção de 1 colher (sopa) de chá verde para 1 litro de água. O ideal é consumir o chá verde em pequenas doses de 50 ml (copinho de café) ao longo do dia. O consumo em excesso e o chá muito concentrado podem levar a gastrite, devido à cafeína.

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

CACAU E SEUS BEBEFÍCIOS

O cacau é um fruto de casca dura e de coloração que vai do amarelo esbranquiçado até vermelho escuro; pode medir até 20 cm de comprimento e contém uma polpa branca ou rósea com sementes avermelhadas. Destas sementes devidamente fermentadas e processadas, extrai-se a parte utilizada no chocolate, assim como a manteiga de cacau.

Os grãos são riquíssimos em antioxidantes, além de vitaminas e minerais, possuindo propriedades anti-inflamatórias e anti-alergênicas. A polpa do contém fibras, glicose e sacarose, vitaminas A, B1, B2, C, niacina e sais minerais como o magnésio, cobre, cromo, manganês, zinco ferro, fósforo e cálcio e uma grande quantidade de antioxidantes, que protegem as células dos radicais livres, prevenindo doenças.

O cacau também contém fitonutrientes como: feniletilamina, teobromina, catequinas, epicatequinas e muitos polifenóis, como flavonoides, que beneficiam o sistema nervoso e cardiovascular. Estes fitonutrientes contribuem para o funcionamento cognitivo saudável (aprendizagem, memória e pensamento crítico), ajudando a melhorar o fluxo de sangue no cérebro. Contém triptopfano que é importante na produção de serotonina.

Benefícios do Cacau

Coração: os polifenois do cacau são benéficos para saúde cardiovascular, podendo também reduzir a pressão arterial. É uma excelente fonte de magnésio que diminui o risco de formação de coágulos sanguíneos. Este, por sua vez, reduz os riscos de ataques cardíacos e derrames.
Fonte de energia: Os grãos reduzem a ansiedade, promovendo, simultaneamente, o estado de alerta.
Antidepressivo natural: Os grãos de cacau contêm dopamina, feniletilamina (PEA) e serotonina, os quais são usados para promover a saúde mental e um bom humor. Além disso, também contêm inibidores da monoamina oxidase e aminoácido triptofano. Inibidores da monoamina oxidase trabalham para manter a dopamina e serotonina na corrente sanguínea por mais tempo, o que pode aliviar a depressão e promover a sensação de bem-estar.
Cérebro: O cacau pode ajudar a pensar melhor também. Os flavonoides aumentam o fluxo de sangue e oxigênio para o cérebro. Uma vez que a demência é causada por um fluxo reduzido de sangue ao cérebro.
Pele: O cacau contêm algumas substâncias como o retinol, ácido ascórbico e vitaminas do complexo B. O alimento é utilizado em máscaras que ajudam a promovem a hidratação e oxigenação da pele. O ácido presente na polpa do cacau realiza uma leve esfoliação, eliminando as células mortas e suavizando as linhas finas. Os antioxidantes contidos no cacau ajudam a retardar o processo de envelhecimento.
TPM: O triptofano, que é um precursor da serotonina, também é um aliado na proteção da vagina contra corrimentos, no aumento da lubrificação feminina e no alívio das dores e sintomas da TPM.
Diabéticos: O cacau também ajuda o corpo a metabolizar o açúcar e reduzir a resistência à insulina.
Intestino: O cacau ajuda a regular a flora intestinal, pois contém flavonoides que servem como alimento para as bactérias probióticas – que, por sua vez, beneficiam o intestino.
Imunidade: Ajuda o sistema imunológico, estimulando a produção de linfócitos, um tipo de glóbulo branco que defende o organismo contra vírus e bactérias.

PUDIM DE CACAU

Ingredientes 
3 ovos 
350 ml de leite desnatado
1 lata de leite condensado
2 colheres (sopa)  bem cheias de cacau em pó
1 colher (café) de extrato de baunilha
1 colher (sopa) de leite em pó desnatado
raspas de laranja

Modo de Fazer
Bata todos os ingredientes no liquidificador. Coloque em uma forma com buraco no meio, caramelizada com 6 colheres de açúcar. Leve para assar em banho-maria com forno preaquecido a 180°C por 45 minutos, ou forno de micro-ondas por 12 minutos na potência alta. Dica: decore com cerejas.

CASTANHA DO PARÁ: A CASTANHA DO BRASIL

Fruto de uma enorme castanheira, árvore nativa da Floresta Amazônica, essa castanha é superpoderosa. Batizada também de castanha do Brasil (pois é assim que ficou conhecida país afora), possui nutrientes como ácidos graxos, vitaminas B e E, proteína, fibras, cálcio, fósforo e magnésio. Mas a grande estrela é o selênio, um mineral altamente antioxidante que garante longevidade. Um estudo da Universidade de Otago, na Nova Zelândia, afirma que a ingestão diária de duas castanhas-do-pará eleva em 65% o teor de selênio no sangue. No entanto, as castanhas produzidas no Norte e no Nordeste do Brasil são tão ricas em selênio que bastaria uma unidade para tirar o mesmo proveito. A recomendação é de que um adulto consuma, no mínimo, 55 microgramas por dia.
 
O selênio combate, por exemplo, o envelhecimento das células causado principalmente pelos radicais livres e previne o aparecimento de tumores e doenças neuro degenerativas, como mal de Alzheimer e esclerose múltipla. A tireoide funciona a pleno vapor na presença do mineral: se não fosse ele, os famosos hormônios fabricados pela glândula não existiriam. Mas não vá com muita sede ao pote: Como qualquer oleaginosa, essa castanha é rica em gorduras. Cerca de 70% de sua composição é de ácidos graxos insaturados, como os ômegas 3 e 6, as chamadas gorduras do bem, Mesmo assim, em excesso, contribui para o aumento de peso. Uma única unidade contém 27 calorias.
 
Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a castanha-do-pará está na lista dos alimentos funcionais. Isso porque, além de nutrir, ela promove benefícios à saúde: o consumo de uma castanha por dia ajuda a combater doenças cardiovasculares, diabetes do tipo 2, câncer e obesidade.  O ômega 3 diminui o triglicerídeo, controla a hipertensão (já que favorece o relaxamento dos vasos sanguíneos) e é anti-inflamatório. As vitaminas do complexo B e o magnésio são essenciais para o sistema nervoso, contribuem para diminuir a ansiedade e melhorar o humor e ainda afastam a depressão.

BOLINHAS DE RICOTA COM CASTANHA DO PARÁ

Ingredientes
600 g de ricota fresca, amassada com um garfo
150 g de cream cheese ou requeijão cremoso
½ colher (sopa) de casca de laranja ralada fino
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
100 g de castanha-do-pará ralada em lascas finas
cebolinha verde picada
sal e pimenta-do-reino moída a gosto
talos de cebolinha verde para decorar

Modo de Fazer
Numa tigela, misture a ricota com o cream cheese e a casca de laranja. Junte a cebolinha, tempere com sal, pimenta e o azeite e misture bem. Com uma colher de sopa, faça bolinhas da massa e passe-as na castanha ralada (reserve um pouco da castanha para decorar). Coloque em uma travessa, cubra com filme plástico e leve para gelar (elas podem ficar guardadas na geladeira por dois dias, desde que bem acondicionadas). Na hora de servir, arrume as bolinhas em um prato e deixe em temperatura ambiente por 15 minutos. Decore com a castanha reservada e talos de cebolinha verde.