segunda-feira, 29 de setembro de 2014

BLUEBERRY E SEUS BENEFÍCIOS


A Blueberry é uma pequena fruta originária América do Norte, desde o sul dos Estados Unidos até o leste do Canadá.  No Brasil é cultivada na região Sul com o nome de mirtilo, e a sua coloração azul arroxeada lembra a jabuticaba. De sabor exótico (doce-ácido), ganhou destaque devido as suas propriedades medicinais, sobretudo pelo seu elevado teor de antocianinas, pigmento de origem vegetal, conferindo-lhe os títulos de “fruta da juventude” e “fonte de longevidade.
É uma fruta riquíssima em antioxidantes (bio-flavonoides especialmente as antocianinas - que lhe dão a típica cor azulada) e sais minerais (zinco, potássio, cobre, magnésio, ferro, manganês e fósforo). A blueberry também contêm vitaminas do complexo B e  vitaminas A, C, E, fibra solúvel e insolúvel, como a pectina. Contêm ainda taninos, açúcares, riboflavina, resveratrol, ácidos cítrico, málico e tartárico, além de possui baixo teor de gordura.

Benefícios da  Blueberry
  • Antioxidante: Dada a grande variedade de nutrientes presentes nessa fruta, vários estudos  realizados mostram que  a blueberry é uma das  frutas estudadas atualmente  que mais contêm antioxidantes, razão pela qual exercem atividades biológicas e funções sobre a saúde, como a prevenção de algumas doenças crônicas, doenças cardiovasculares, cerebrovasculares, aterosclerose e o diabetes assim como doenças degenerativas, como o Alzheimer. Os pesquisadores  dessa fruta atribuíram esses benefícios aos compostos naturais encontrados, principalmente às antocianinas.
  •  Ajuda na redução de gordura abdominal: Essa fruta com poucas calorias (em cada 100 gramas apresenta apenas 32 calorias), sem sombra de dúvidas, torna-se uma forte aliada nas dietas de emagrecimento. Estudos realizados pela Texas Woman’s University, nos Estados Unidos, indicam que o uso regular da blueberry ajuda a eliminar a gordura abdominal, graças aos polifenóis existentes em sua composição, que conseguem inibir a obesidade. Portanto,  quanto maior o consumo da fruta, maior é a redução das células de gordura
  • Reduz o colesterol: Estudos realizados nos Estados Unidos revelaram que a ingestão de blueberry pode diminuir os níveis  mau colesterol (LDL). Os pesquisadores supõem que isso ocorre porque a  fruta  melhora a função hepática, fazendo com que o colesterol ruim  seja varrido para fora da circulação muito mais facilmente.
  • Previne o envelhecimento precoce: Devido a sua grande quantidade de antioxidantes, como o resveratrol, na sua composição, a  blueberry é capaz de neutralizar os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento, causados pelo estresse, poluição cigarro, produtos químicos, entre outros, que provocam flacidez e rugas na pele.
  • Melhora a memória e a coordenação motora: A fruta protege o cérebro dos efeitos de deterioração cerebral associados à doença de Alzheimer. Estudos têm evidenciado que o consumo da blueberry  pode prevenir o declínio cognitivo durante o envelhecimento. Um destes estudos foi realizado com 70 idosos voluntários  por pesquisadores dos Estados Unidos e Canadá e publicado  no Journal of Agricultural and Food Chemistry, da Sociedade Química Americana, anunciando que suco de dessa fruta faz bem para a memória de adultos idosos. Segundo os pesquisadores, os resultados desse estudo levam a crer que a blueberry pode vir a ser benéfica não só para a melhoria da memória, mas também para reduzir ou retardar  o aparecimento de outros problemas cognitivos, frequentemente associadas com o envelhecimento, como a perda de memória.
  • Visão: Estudos científicos têm sugerido que a blueberry previne doenças relacionadas à visão, como catarata e glaucoma, melhorando a capacidade de leitura e o foco da visão. As antocianinas presentes na fruta  têm a capacidade de  evitar ou reverter o problema, aumentando a capacidade visual.  Se você tem o hábito de ler muito, passar horas em frente ao computador, enfim “cansar suas vistas”, procure tomar o suco dessa fruta e veja os resultados.
  • Ação anticâncer: Várias pesquisas com a blueberry estão sendo focadas em benefícios anti câncer, considerando ser esta fruta fonte de  ácido elágico e polifenóis, componentes que estimulam os mecanismos de eliminação de substâncias cancerígenas.
  • Ação anti-inflamatória e proteção celular: Um estudo publicado no Journal of Nutrition em 2009 concluiu que a blueberry tem ação de proteção celular e anti-inflamatória, proporcionando benefícios ao metabolismo no combate às patologias associadas à obesidade.
  • Previne e trata doenças do aparelho urinário e digestivo: Estudos recentes sugerem que a blueberry, ajuda a prevenir e a tratar infecções no trato urinário, como a cistite. Tem o poder de aliviar sintomas de infecções urinárias e renais, impedindo a fixação e o desenvolvimento da E. Coli, bactéria responsável por infecções. Por ser rica em fibras e possuir propriedades antissépticas,  pode aliviar  inflamações do aparelho digestivo e regular o trânsito intestinal, contribuindo para o tratamento e prevenção da colite, diarreias e gases intestinais.
  • Promove a saúde cardiovascular: O resveratrol presente na blueberry ajuda a prevenir processos oxidativos que levam a formação de aterosclerose, o que favorece também o fluxo sanguíneo. Além do mais, conforme publicado em janeiro de 2013 no periódico Circulation,  o consumo regular (3 vezes na semana) de blueberry pode diminuir o risco de ataques cardíacos em mulheres. Para os pesquisadores esse resultado deve-se ao fato dessa fruta oferecer grande quantidade de flavonoides, compostos com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, protegendo a saúde cardiovascular. A antocianidina também pode contribuir na redução da formação de placas de aterosclerose, o que favorece também o fluxo sanguíneo.
  • Reduz riscos de diabetes tipo 2: Essa frutinha desempenha um papel importante na dieta de quem tem diabetes, vez que reduz a taxa de açúcar no sangue. Um estudo realizado pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos afirma que consumir blueberrry regularmente pode ajudar a reduzir o risco de diabetes tipo 2. Segundo os autores desse estudo, alguns tipos de flavonoides presentes em grande quantidade nessa fruta podem estar por trás de seu efeito benéfico sobre o risco de diabetes.
  • Promove a longevidade: Devido ao seu alto teor de antioxidantes, contribui para que o sistema imunológico fique mais saudável, deixando o organismo mais resistente contra doenças e infecções. É por si uma fruta com enorme potencial. Pelos benefícios que o consumo desta fruta possui para a saúde, tornou-se  conhecida como fruta da longevidade.
Sugestão de Consumo
 
Blueberry é encontrada in natura, desidratada e pode ser adicionada em sucos, licores, geleias, caldas, iogurtes, sorvetes, tortas, cremes e cereais, em cápsulas e suco solúvel. A recomendação é de consumir de 30 a 50g diária.

FROZEN DE BLUEBERRY E CRANBERRY

Ingredientes
½ xícara de blueberry desidratado
½ xícara de cranberry desidratado
1 xícara de morango congelado
2 copos de iogurte desnatado
2 colheres (sopa) de gelatina de morango diet


Modo de Fazer

Bata todos os ingredientes no liquidificador, coloque em taças ou forminhas de gelo e leve ao freezer por 2 horas.

Dica:
Para quem usa whey protein, pode adicionar ½ scoop de whey de baunilha na receita e fazer uma sobremesa proteica e nutritiva.

MUFFINS DE BLUEBERRY

Ingredientes
3 xícaras de blueberries
½  xícara de iogurte natural sem o  líquido
2 ¼  xícara de açúcar granulado
½  xícara óleo vegetal
½  xícara de manteiga sem sal, derretida
4 ovos grandes
1 colher (sopa) de essência de baunilha
5  xícaras de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
¼  colher (chá) de bicarbonato de sódio
¾  colher (chá) sal
1 xícara de buttermilk *
½  xícara de açúcar granulado para salpicar
 


Modo de Fazer
Para a Buttermilk: misture 1 xícara de leite com 1 colher (sopa) de suco de limão ou vinagre branco e deixe descansar por cerca de 10 minutos antes de usar.
Para os Muffins: Unte 24 forminhas de muffins e reserve. Numa tigela, bata o óleo, a manteiga e o açúcar. Adicione os ovos um a um e a baunilha e bata bem. Peneire os ingredientes secos juntos e com uma colher acrescente aos poucos a mistura da tigela. Misture bem, adicione o buttermilk e o iogurte e misture novamente. Coloque nas forminhas uma colherada da massa, em seguida o blueberry, outra colherada da massa, outra de blueberry  e por último mais uma da massa. Salpique o açúcar granulado e leve ao forno pré-aquecido a 200°C por 15 minutos. Em seguida diminua para 175°C e asse por mais 15 minutos ou até que estejam levemente dourados. Deixe esfriar por 5 minutos, retire das forminhas e coloque numa grelha para terminar de esfriar.

domingo, 28 de setembro de 2014

INTOLERÂNCIA A LACTOSE

LEITE DE AMÊNDOAS

Ingredientes
250g de amêndoas cruas sem pele
2 litros de água


Modo de Fazer
Para retirar a pele das amêndoas, coloque em uma panela com um pouco de água e ferva durante 5 minutos. Depois de retirada a pele, deixe-as de molho em 1 litro de água durante uma noite. Jogue fora a água e bata as amêndoas no liquidificador com 1 litro de água. Coe em um pano fino (voal) coloque em uma jarra e mantenha na geladeira por no máximo 3 dias. 

Dica
Na hora de consumir, polvilhe um pouco de canela em pó e adoce com mel, açúcar mascavo, açúcar demerara ou adoçante. Se desejar um leite menos denso, adicione mais meio copo de água. Utilize o resíduo para fazer bolos, biscoitos, pudim, etc.

BOLO DE CHOCOLATE SEM LACTOSE

Ingredientes
Massa
3 ovos
½  xicara de óleo
½  xicara de leite sem lactose
½  xicara de cacau belga
½  xícara de açúcar
½  xícara de açúcar mascavo
1 ½  xícara de farinha sem glúten
1 colher (sopa) de fermento

Cobertura 
180 g de cacau belga
1 vidro de leite de coco

Modo de Fazer
Bata as claras em neve e reserve. Bata as gemas e o açúcar, adicione o óleo e bata bem até obter um creme. Acrescente o leite e vá alternando com a farinha e o cacau. Por último coloque o fermento e bata mais um pouquinho. Desligue a batedeira, acrescente as claras em neve e misture bem. Coloque em uma forma untada e leve ao forno pré aquecido  durante 40 minutos. Depois do bolo frio, misture o cacau com o leite de coco e cubra o bolo.

sábado, 27 de setembro de 2014

MACA PERUANA: BENEFÍCIOS

A maca peruana ou também conhecida como maca andina nada mais é que um tubérculo (raiz), muito parecido com o rabanete, só que com muito mais nutrientes. A maca desenvolve-se nos Andes Centrais do Peru, entre 4 e 5 mil metros de altitude em temperaturas que oscilam entre 20 graus positivos e 25 graus negativos.

Benefícios da Maca Peruana

A maca peruana é rica em potássio, magnésio, sódio, ômega 3, proteínas, fibras, cálcio, fósforo, ferro, vitamina C, B1, B2, B6 e B12. Dentre os seus benefícios podemos destacar:
·         Fortalecimento do coração - Por ser rica em ômega 3, a maca é capaz de prevenir doenças cardiovasculares, além de regularizar os níveis de colesterol ruim (LDL) e aumentar o colesterol bom (HDL). Essa regularização no colesterol ajuda no controle de gordura no sangue evitando assim a hipertensão. 
·         Prevenção contra a anemia e a osteoporose - Por ser riquíssima em ferro e cálcio (até mais que o próprio leite), a maca é ótima opção contra a anemia e recomendado para as mulheres que estão na fase da menopausa, pois correm mais riscos de desenvolverem a osteoporose.
·         Aumenta e imunidade e previne o diabetes – A maca é capaz de diminuir as chances de uma pessoa desenvolver diabetes, pois diminui a velocidade com que é feita a absorção da glicose, graças ao seu alto teor de fibras. Também é capaz de aumentar e fortalecer a imunidade e o poder de cicatrização do organismo.
·         Aumento da libido – Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade Cayetano Heredita, no Peru, os homens que consomem maca peruana tem uma maior produção de sêmen. Já as mulheres apresentaram uma redução no estresse, além do aumento da libido.
·         Emagrecimento - Mesmo contendo 59% de carboidratos, a maca peruana pode sim te ajudar a ter um emagrecimento saudável, pois é rica em fibras que são essenciais para aumentar a saciedade, reduzindo assim o apetite. Ela também regula o intestino. Mais vale ressaltar que para um emagrecimento, apenas o consumo da maca sem qualquer mudança nos hábitos alimentares não irá proporcionar mudanças significativas.
Sugestão de Consumo
A maca peruana pode ser encontrada em forma de pó ou em cápsulas e consumida em saladas, sucos, sopas, etc. Já a opção em cápsulas dever ser preferencialmente consumida 1 cápsulas antes do almoço e do jantar.

CREME DE ABACATE COM MACA PERUANA

Ingredientes
½  abacate maduro
½  copo de iogurte natural desnatado
2 colheres (sopa) de maca peruana
1 colher (sopa) de lascas de amêndoas
suco de 1 limão
Adoçante a gosto


Modo de Fazer
Bata todos os ingredientes no liquidificador até formar um creme. Adicionar o suco de limão e o adoçante. Se desejar coloque por cima as lascas de amêndoas.

SMOOTHIE DE FRUTAS COM MACA PERUANA

Ingredientes
¼  de mamão papaia
4 morangos grande
250 ml de leite desnatado
2 colheres (sopa) de maca peruana

1 colher (sopa) de chia

Modo de Fazer
Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva em seguida

NOZ MACADÂMIA: A RAINHA DAS NOZES

A noz macadâmia, além do seu sabor e textura incomparáveis é rica em proteínas, minerais como: potássio, fósforo, cálcio, magnésio, vitaminas B1, B2 e PP, além de óleos insaturados e pode ser considerada como um alimento funcional, pois seus componentes fisiologicamente ativos promovem benefícios maiores que seus nutrientes básicos. Uma dieta alimentar contendo macadâmia promove boa saúde, longevidade e redução de doenças degenerativas.

Pesquisas desenvolvidas pela University of Newcastle, demonstraram uma melhora significativa nos marcadores para estresse oxidativo, reduzindo a tendência à formação de coágulos e inflamação. Estudos conduzidos separadamente na Austrália e no Hawai, demonstraram uma redução significativa nos níveis de colesterol LDL (colesterol ruim) e de triglicerídeos totais.
 
A noz macadâmia apresenta em sua composição, um grupo de substâncias químicas complexas e inter-relacionadas, denominadas fitoquímicos, que têm função importante no metabolismo e que podem modificar fatores de risco para um enorme número de doenças. A principal classe de fitoquímicos presentes na macadâmia são os antioxidantes (caçadores de radicais livres e que podem minimizar a ocorrência de doenças degenerativas, doenças cardiovasculares entre outras).

A macadâmia pode ser consumida in natura ou tostada com ou sem sal e possui características culinárias que permitem a sua utilização como “snacks”, em bolos, tortas, sorvetes, combinada com chocolate, bombons, “cookies”, molhos, cremes, e em diversos pratos sofisticados elaborados com carnes, aves e peixes.

QUEIJO DE MACADÂMIA E ERVAS AROMÁTICAS

Ingredientes
½ xícara de água
1 ½ xícara de água
5 colheres (chá) agar-agar
½ xícara de macadâmia crua
suco de meio limão
1 colher (chá) sal
1 colher (sopa) azeite de oliva
1 colher (sopa) açafrão da terra (cúrcuma)
1 colher (chá) orégano
1 colher (chá) manjericão desidratado
1 colher (chá) salsinha desidratada
1 colher (café) pimenta calabresa (opcional)
pimenta-do-Reino moída


Importante: Tenha todos os ingredientes preparados previamente. Esprema o limão, e coloque o azeite em local acessível para não perder o ponto da ágar-ágar que endurece muito rápido. Este processo tem que ser rápido, por isso tenha os ingredientes a mão.

Modo de Fazer
Bata a macadâmia com o sal e a cúrcuma no liquidificador até virar um pó fino. Em uma panela, misture bem a água com a agar agar na água fria, leve ao fogo sem parar de mexer. Quando começar a ferver conte dois minutos, mexendo sempre. Ligue o liquidificador de novo e adicione a agar agar recém tirado do fogo (tem que se rápido, pois endurece muito rapidamente), bata bem até misturar, acrescente o limão e o azeite. A quantidade de limão na verdade é a gosto. Adicione as ervas aromáticas que vai utilizar, misture com uma espátula, coloque num pote redondo untado com azeite e deixe na geladeira até endurecer.

LOMBO RECHEADO COM NOZ MACADÂMIA E MAÇÃ

Ingredientes
1 ½ kg de lombo de porco
3 fatias de bacon picado
½  cebola picada
½  xícara de nozes picada
½ xícara de macadâmia sem sal
1 maçã em rodelas
farinha de rosca
¼  xícara de salsinha picada
2 colheres (sopa) de alecrim fresco picado
1 colher (sopa) de óleo
2 colheres (sopa) de sal marinho


Modo de Fazer
Derreta a manteiga em uma frigideira em fogo médio-alto.  Adicione o bacon e a cebola. Cozinhe, mexendo, por 4 minutos. Adicionar macadâmia e as nozes. Cozinhe, mexendo, por 7 minutos ou até que estejam dourados. Retire do fogo, misture a maçã, a farinha de rosca, salsa e o alecrim. Reserve. Pré-aqueça o forno a 350°C. Abra o lombo para formar uma manta, com a pele voltada para baixo, coloque o recheio,  enrole o lombo e amarre com barbante de cozinha em intervalos de três centímetros. Pincele com óleo, polvilhe com sal, coloque em uma assadeira grande. Asse em fogo alto por 20 minutos. Reduza a temperatura a 250°C e asse por 1 hora e 30 minutos até o centro estar cozido. Retire do forno e deixe repousar durante 10 minutos. Fatie e sirva.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

PICOLINATO DE CROMO

O picolinato de cromo é um suplemento dietético, conhecido como a melhor fonte de cromo, que é um mineral essencial para a produção de insulina do corpo. O que isso tem a ver como emagrecimento? Simples, o picolinato de cromo proporciona o aumento de insulina que melhora o recebimento de glicose, melhora a circulação sanguínea e manutenção dos níveis de açúcar no sangue, com isso há o ganho de energia, a queima de gorduras e construção muscular.

O picolinato de cromo é especialmente indicado no caso de pessoas que não conseguem emagrecer porque consomem altas quantidades de doces, com o aumento da insulina o Picolinato de cromo ajuda a reduzir esta fissura por doces.

Se o picolinato de cromo for tomado e em conjunto houver a pratica de exercícios físicos, haverá ainda melhores resultados quanto ao ajuste de gorduras e definição muscular, este é um dos motivos pelo qual o picolinato de cromo tem se tornado um suplemento alimentar muito procurado por atletas.

O picolinato de cromo pode ter muitos resultados benéficos quando suplementado. O Picolinato de Cromo realça o efeito da insulina no corpo, melhorando o recebimento da glicose, desse modo causando uma melhor circulação do sangue e manutenção dos níveis de açúcar no sangue. O aumento da gordura corporal prejudica a sensibilidade à insulina, por isso os obesos tem dificuldade em perder peso. Estudos mostram que uma atuação mais otimizada do hormônio insulina acelera a perda de peso em adultos, independente de atividade física. Entretanto, o efeito anabólico/muscular será sentido pelos que praticam exercícios.

ÓLEO DE BORRAGEM

AGAR AGAR

MOUSSE DE MARACUJÁ

Ingredientes
Mousse
½  xícara (chá) suco natural de maracujá
1 xícara (chá) água
1 ½  colher (chá) ágar-ágar em pó
1 receita leite de amêndoa ou castanha do pará gelado
½  xícara (chá) açúcar demerara
 
Leite
1 xícara de amêndoas ou castanhas do pará
½  xícara de aveia em flocos
500 ml de água em ponto de pré fervura
1 xícara de água fria
 
Modo de Fazer
Para o leite: Bata no liquidificador as amêndoas/castanhas com a aveia e a água em ponto de pré-fervura.  Passe por uma peneira fina, diluindo com a água fria aos poucos.  O resíduo pode ser aproveitado em outra receita (enriquecer massa de pão, bolo, mingau ou pudim, por exemplo), desde que guardado em geladeira por até 3 dias.
 
Para a mousse:  Em uma panela, ferva a  água já misturada com o açúcar e o agar agar, por cerca de 2 minutos, mexendo de vez em quando. Bata no liquidificador o leite vegetal  gelado, o suco de maracujá, adicionando aos poucos a mistura com o agar agar, por um ou dois minutos para que fique bem aerado. Coloque em um recipiente de vidro (ou taças individuais) e leve a geladeira novamente até endurecer, por aproximadamente 10 minutos.
 
Para decorar: Misture a polpa com sementes de 1 maracujá grande e 1 colher (sopa) de açúcar demerara e decore o mousse com essa calda antes de servir.

TORTA GELADA DE PÊSSEGO

Ingredientes
Massa
200g de biscoito de Maizena
4 colheres (sopa) de creme vegetal derretido
óleo para untar a forma

Recheio
2 xícaras de pêssego em calda, sem açúcar
1 xícara de água
2 colheres (sopa) de agar agar
1 colher (sopa) de essência de baunilha
1 ½  xícara de tofu
açúcar a gosto

Modo de Fazer
Massa: Triture os biscoitos no liquidificador até virar pó. Transfira para um recipiente e misture o creme vegetal com as mãos até formar uma farofa úmida. Unte a assadeira com óleo e forre o fundo dela com esta massa de biscoito.

Recheio: Bata o pêssego no liquidificador até virar um creme. Coloque a água em uma panela pequena, dissolva o agar agar e leve ao fogo alto e, assim que ferver, baixe o fogo e cozinhe por 3 minutos. Mexa para não grudar. Adicione o tofu, a baunilha e o açúcar ao suco de pêssego e bata até obter um creme liso. Prove a ajuste o açúcar. Espalhe o recheio sobre a massa e leve para endurecer no refrigerador por 2 horas.