domingo, 29 de julho de 2012

CHIA, O GRÃO PRÓ-SAÙDE

A Chia (Salvia hispânica) planta nativa da Guatemala, das regiões central e austral Mexicana e da Colômbia, foi um alimento muito popular entre incas, maias, astecas e outros povos pré-colombianos. Atualmente vem ganhando espaço e tem se tornado muito popular no Brasil.

Características da Chia
O sucesso da semente de Chia está relacionado aos nutrientes que a compõem, indispensáveis para o bom funcionamento do organismo.

• Ômega 3: A semente da Chia possui teor mais elevado de ômega 3 do que o encontrado em outras sementes. Contém mais ômega 3 que o salmão ou a linhaça, o qual ajuda a regular a pressão arterial e a reduzir as taxas de colesterol e triglicérides, e também, no tratamento e prevenção da depressão, ansiedade e agressividade.

• Cálcio: Contém seis vezes mais cálcio que o leite de vaca, sendo uma excelente opção para aqueles que apresentam osteopenia e osteoporose e para crianças e gestantes, pois auxilia na formação da massa óssea. Recentemente foi descoberto, que o cálcio também ajuda a queimar gordura do organismo.

Magnésio: Contém quinze vezes mais magnésio do que os brócolis. O magnésio reduz a incidência da síndrome metabólica, condição que inclui o acúmulo de gordura abdominal.

• Manganês e Fósforo: 100 gramas de Chia contêm 108% do manganês e 95% do fósforo demandados por um adulto numa dieta de 2.000 calorias/dia.

• Potássio: Possui 2 vezes mais potássio que a banana. É essencial para a contração muscular e desempenha um papel importante nas atividades físicas melhorando o ritmo de bombeamento do coração e movimento do corpo.

• Proteínas: 5% da composição da Chia é protéica. As proteínas são os nutrientes que o corpo utiliza para gerar energia, sendo essencial para formação dos músculos. Apenas 28 gramas da semente fornecem 9% da proteína que um adulto demanda, em média.

• Fibras: as sementes da Chia são mucilaginosas, ou seja, ricas em fibras (38 gramas fibras a cada 100g de chia) que ao entrarem em contato com a água, formam um gel no estômago. Diante dessa reação, a digestão torna-se mais lenta, a sensação de saciedade intensifica-se, a ingestão de alimentos passa a ser menor e consequentemente, ocorre à perda de peso. A mucilagem também favorece o trânsito intestinal e ajuda a eliminar as toxinas do organismo. As fibras também ajudam na redução da glicose, pois diminuem a velocidade com que o açúcar é absorvido no organismo, prevenindo o diabetes.

• Antioxidantes: a presença de flavonóides e, em menor quantidade, os ácidos cafeico e clorogênico provêm a Chia de efeito antioxidante comparável somente aos antioxidante sintéticos (comerciais). Os antioxidantes são capazes de bloquear o efeito prejudicial dos radicais livres que danificam as células levando desde envelhecimento precoce até doenças como câncer. Pelos altos índices de antioxidantes, as sementes de chia ajudam na prevenção e redução do tamanho do tumor e no número de metástases.

• Hidrofílicas: as sementes de Chia absorvem até 12 vezes o seu peso em água, mantêm o corpo hidratado sendo muito benéficas para desportistas.

Sugestão de Consumo
Para emagrecer: tomar 1 colher (sopa) de Chia, 30 a 40 minutos antes do almoço e antes do jantar, com água/suco ou colocar 1 colher (sopa) de Chia em 150 ml de água/suco, mexer e deixar repousar até criar um líquido ligeiramente gelatinoso e tomar 30 a 40 minutos antes do almoço e antes do jantar.
Suplemento alimentar: acrescente 1 colher (café) de semente de Chia as principais refeições.

Dicas
No caso de azia e refluxo gastro esofágico, colocar 1 colher (chá) de sementes de Chia num pouco de água, mexer e beber de imediato. Aguardar uns minutos e depois beber 1 copo cheio de água. Isso ajuda a absorver o excesso de ácido;
Como as sementes de Chia conseguem absorver várias vezes o seu peso de água formando uma espécie de gelatina, são ótimas como substituto do ovo.
Guardar a semente de Chia em um pote de vidro, na da geladeira. 

BOLO DE CHIA E AMÊNDOAS

Ingredientes
100g amêndoas laminadas
3 ovos
1 pote de iogurte natural desnatado
1 colher (sopa) de óleo de coco
½ colher (sopa) de óleo de canola
2 xícaras (chá) de farinha de trigo integral
1 xícara (chá) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de aveia flocos
2 colheres (sopa) de adoçante culinário
5 colheres (sopa) de sementes de chia
2 colheres (sobremesa) de mel
1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de Fazer
No liquidificador, coloque os ovos, o iogurte, o óleo de coco e o óleo de canola e bata bem. Em uma vasilha, misture as farinhas de trigo, a aveia, o adoçante, metade das amêndoas, as sementes de chia e o fermento. Acrescente a esta mistura o creme do liquidificador e mexa até obter uma massa homogênea. Coloque em uma forma e leve ao forno por 30 minutos ou até dourar. Retire do forno e, ainda quente, espalhe o mel como cobertura do bolo e salpique o restante das amêndoas. Sirva a seguir.

sábado, 28 de julho de 2012

INTOLERÂNCIA AO GLÚTEN

A doença celíaca é caracterizada por uma intolerância ao glúten, uma proteína encontrada no trigo, aveia, cevada, centeios e seus derivados. Ela induz a produção de anticorpos ao glúten, que agem no intestino delgado, atrofiando-o. O resultado é a dificuldade de absorver os nutrientes dos alimentos, vitaminas, sais minerais e água.

A doença normalmente se manifesta em crianças até um ano de idade, a partir do momento em que começam a incluir em sua dieta alimentos que levam glúten ou derivados. Mas em alguns casos, ela se manifesta somente na idade adulta, dependendo do grau de intolerância. O atraso no diagnóstico leva a deficiências no desenvolvimento da criança e a diversas complicações.

Sintomas
Os principais são os gastrointestinais, como diarréias, intestino preso, perda de gorduras nas fezes. Mas é comum ainda a perda de peso, distensão abdominal, inchaço das pernas, anemias e sinais de desnutrição calórica, bem como:

• Dificuldade de adquirir peso e facilidade para perdê-lo
• Fraqueza geral
• Modificação do humor.
• Dificuldade para um sono reparador
• Fraqueza das unhas e queda de pêlos
• Anemia por deficiente absorção do ferro e da vitamina B12

O tratamento da doença celíaca é relativamente simples. Uma vez que a alimentação é controlada e a proteína é excluída da dieta, os sintomas desaparecem. Na maioria dos casos, em um curto intervalo de tempo.

A maior dificuldade é conviver com as restrições impostas pela dieta e com os novos hábitos alimentares. Grande parte dos alimentos industrializados possui glúten em sua composição e têm que ser cortados da alimentação por completo, como pães, massas, alguns doces, entre outros.

Infelizmente, a doença não tem cura e, mesmo com os bons resultados da dieta, o paciente deve ficar atento. Ele terá que segui-la para o resto da vida. Se voltar a ingerir glúten novamente, os sintomas voltam e podem levar até a  quadros complicados.

Alimentos Permitidos
Os alimentos permitidos para os celíacos são:
• Cereais: arroz, milho
• Frutas: todas, ao natural e em sucos
• Gorduras: óleos, azeite, margarina, manteiga
• Laticínios: leite, queijo, e derivados
• Hortaliças: folhosos, legumes, tubérculos (batata, mandioca, inhame e cará)
• Leguminosas: feijão, soja, ervilha, grão de bico, lentilha
• Carne e Ovos: aves, bovinos, suínos, caprinos, miúdos, vísceras e peixes em geral

QUICHE DE QUINUA E IOGURTE

Ingredientes
Massa
1 ovo
1 xícara de farinha de arroz
1 xícara de quinua em flocos
1 colher (sopa) de linhaça
2 colheres (sopa) de manteiga
3 colheres (sopa) de água gelada
sal a gosto

Recheio
1 abobrinha em fatias
1 pimentão vermelho em tiras
2 colheres (sopa) de iogurte desnatado
2 ovos
queijo parmesão ralado
sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Fazer
Em uma tigela, misture todos os ingredientes da massa, exceto a água. Coloque a água aos poucos, só até a massa ficar homogênea. Embrulhe em filme plástico e leve à geladeira por pelo menos quinze minutos. Em seguida coloque a massa em forma de aro removível (mini forminhas). Coloque o recheio, alternando camadas de abobrinha e de pimentão. Misture os ovos e o iogurte, tempere com o sal e a pimenta e cubra as quiches. Coloque parmesão a gosto e asse, em forno médio, por 30 minutos ou até o firmar o recheio.

NHOQUE COM FARINHA DE ARROZ

Ingredientes
Nhoque
200g de batatas cozidas
100g de farinha de arroz
1 ovo
40g de queijo parmesão
20g de fécula de batata
sal a gosto

Molho
150ml de creme de leite fresco
2 colheres (sopa) de cream cheese
1 xícara de champignon fresco
1 colher de café de manteiga.
orégano a gosto

Modo de Fazer
Para o nhoque, amasse as batatas e faça um purê. Acrescente os demais ingredientes até formar uma massa homogênea. Estender a massa (até 3 cm de altura) e corte em pedaços de 5 mm (A massa cresce 1.5 vezes quando cozida). Enrole cada pedaço e com os dentes de um garfo dê forma de concha a cada um deles. Em uma panela grande de água fervente, cozinhe o nhoque até flutuarem. Deixe o nhoque em água fria por 1 minuto para dar firmeza e textura. Para o molho, leve uma panela ao fogo e doure o champignon na manteiga com o orégano. Adicione o creme de leite e cream cheese até adquirir consistência.

PISTACHE E SEUS BENEFÍCIOS


Muito consumido como petisco, o pistache é um alimento repleto de nutrientes importantes para o bom funcionamento do organismo como um todo, e deve ser introduzido ao cardápio do dia a dia.

 O primeiro grande benefício dessa semente é a quantidade de vitamina B6 que contém (1,27 mg a cada 100g). Esse nutriente auxilia na formação dos neurotransmissores cerebrais, como a serotonina, que garante a sensação de bem estar e felicidade. Elas ainda fornecem grandes quantidades de fibras, que auxiliam na regulação do intestino e impedem o aumento do colesterol ruim (LDL).

 Outros nutrientes que o pistache tem de sobra são: fósforo (responsável por acabar com a fadiga), cálcio (previne a osteoporose), potássio (que controla o sódio presente no organismo), magnésio (controla a pressão arterial e afasta a irritabilidade), vitamina E, o resveratrol e os fitosteróis (antioxidantes, que protegem as células contra a ação dos radicais livres).

pistache pode facilmente ser incluído na alimentação diária em doces, conservas, pudins, saladas, bombons, misturado ao queijo cottage e a demais alimentos.

BOLO SALGADO DE PISTACHE E NOZES

Ingredientes
1 xícara farinha trigo
3 ovos (inteiros)
100g de queijo gruyère ralado
100g de rúcula picada
50g de nozes picada
50g de pistaches picados
½  xicara de leite
8 colheres de azeite de oliva
1 colher (café) de sal
1 colher (café) de noz moscada em pó
1 colher (chá) de fermento em pó

Modo de Fazer
Pré-aqueça o forno a 180º C. Misture bem a farinha, os ovos, o óleo, o sal, o fermento e a noz moscada. Acrescente aos poucos o leite e o gruyère ralado, até formar uma massa homogênea. Adicione a rúcula, as nozes e os pistaches e misture bem. Coloque em una forma anti aderente ou forma de fundo falso e levar ao forno por 30 a 35 minutos

quinta-feira, 26 de julho de 2012

SPIRULINA E SEUS BENEFÍCIOS

A spirulina é uma alga microscópica azul-esverdeada que vive tanto em água doce como salgada. Os suplementos de spirulina são sintetizados primeiramente a partir de duas espécies de cianobactérias:Arthrospira platensis eArthrospira maxima.

A spirulina destaca-se pela riqueza dos seus nutrientes: proteínas: 60% de proteína, incluindo aminoácidos essenciais, minerais: ferro, selênio, magnésio, zinco e cálcio, vitaminas: A, D, B2, B6 e B12, antioxidantes: betacaroteno, clorofila e ficocianina, ácidos graxos essenciais: ómega 3 e ómega 6.
 
Benefícios da Spirulina
 
• promove a saciedade e inibe o apetite devido ao seu alto valor protéico e de crómio;

• auxilia na redução do mau colesterol;

• contribui para a desintoxicação do sistema digestivo e do organismo em geral;

• ajuda a aliviar os sintomas pré-menstruais;

• auxilia na prevenção de diversos tipos de câncer;

• beneficia o desempenho da memória, aumenta a capacidade de atenção;

• combate os radicais livres;

• fortalece o sistema imunológico;

• ajuda a controlar os nível de glicose no sangue;

• equilibra e regenera a flora intestinal;

• atenua a anemia causada pela falta de ferro;

• atua como suplemento desportivo pelo seu alto valor proteico e nutricional.

QUITOSANA: "O IMÃ DA GORDURA"



A Quitosana, quando ingerida antes das refeições, é solubilizada, e se transforma em um gel ao entrar em contato com as condições estomacais, que tem alta capacidade de absorver gorduras. Após serem capturadas pelo gel e arrastadas para o intestino, as gorduras não podem mais ser aproveitadas pelo organismo, sendo posteriormente excretadas do organismo juntamente com as fezes junto. Como conseqüência, o organismo compensa o déficit calórico proporcionado pela ingestão da Quitosana através da queima da reserva energética corporal (gorduras).

BENEFÍCIOS DA QUITOSANA



quarta-feira, 25 de julho de 2012

MEL: TIPOS E BENEFÍCIOS


Mel é um líquido viscoso e açucarado produzido pelas abelhas a partir do néctar recolhido de flores e processado pelas enzimas digestivas desses insetos, sendo armazenado em favos em suas colméias para servir-lhes de alimento durante o inverno.

Existem dezenas de variedades de mel dependendo da floração, dos terrenos de obtenção e ainda da espécie de abelha produtora. Dessa forma variam em cor, aroma e sabor. Diferenciam-se na cor, indo do branco incolor, amarelo ao castanho principalmente. No que diz respeito ao néctar, pode provir de uma única flor (mel mono floral) ou de várias (mel plurifloral). Certamente não há mel rigorosamente monofloral, entretanto a presença de outro néctar em pequena quantidade não influi apreciavelmente no seu aroma, cor e sabor.

A cristalização do mel (chamada popularmente de mel "açucarado") é uma garantia da pureza do mesmo, podendo ser utilizado desse modo sem perda de nenhum de seus benefícios. Caso não queira consumi-lo assim, coloque em banho-maria até a temperatura de 40º C.

Além de ser utilizado como adoçante, o mel sempre foi reconhecido devido às suas propriedades terapêuticas. De um modo geral, o mel é constituído, na sua maior parte (cerca de 75%) por açúcares simples (glicose e frutose). O mel é também composto por água (cerca de 20%), por minerais (cálcio, cobre, ferro, magnésio, fósforo, potássio, entre outros), por cerca de metade dos aminoácidos existentes, por ácidos orgânicos (ácido acético, ácido cítrico, entre outros) e por vitaminas do complexo B, por vitamina C, D e E. O mel possui ainda um teor considerável de antioxidantes (flavonóides e fenólicos). Devido ao seu teor de açúcares simples, de assimilação rápida, o mel é altamente calórico (cerca de 3,4 kcal/g), pelo que é útil como fonte de energia.

Tipos de Mel

Mel Silvestre - Este tipo é o mais comum, ele é produzido em locais onde não há predominância de uma determinada planta. É utilizado como desintoxicante, para repor sais minerais, combater a fraqueza e o cansaço.

Mel de Laranjeira - Este tipo de mel é o menos conhecido, mas o que possui o sabor mais suave e coloração bem clara. É utilizado como calmante e revitalizador da flora intestinal.

Mel de Eucalipto - Este mel é produzido onde predomina as plantações de eucalipto. Ele é escuro, e tem um sabor forte. Este tipo é utilizado como expectorante, no combate a bronquite, gripes e resfriados e inflamações Bronco-Pulmonares.

Mel de Bracatinga - Este mel também é conhecido como Mel de Melato e é produzido de dois em dois anos. É um mel amargoso de cristalização pastosa, coloração parda, com aroma e sabor característico, não sendo muito agradável ao paladar, mas considerado como o mel mais forte, nutritivo e medicinal que se tem notícia.

Benefícios do Mel

 •Auxilia no controle de doenças cardiovasculares
 •Reforça o sistema imunológico
 •Regula a pressão sanguínea
 •Prevenindo a formação de gordura no fígado
 •Ajuda a eliminar as toxinas e favorece a digestão
 •Revigorante para pessoas cansadas e nervosas
 •Eficaz no combate tratamento e de problemas respiratórios e pulmonares tais como: gripe, resfriado e pneumonia
 •Ativa as funções do cálcio e do fósforo nos ossos, dentes e unhas
 •Tonifica e rejuvenesce a pele e os músculos


Obs: Crianças menores de um ano não devem consumir mel, porque não tem a flora intestinal e o sistema imunológico totalmente desenvolvido e o mel possui esporos da bactéria que causa o botulismo.

BOLO DE MEL COM CHOCOLATE

Ingredientes
Massa
Casca lavada de uma laranja
1 xícara (chá) de mel
3 colheres (sopa) de rum
3 ½  xícaras (chá) de farinha de trigo
½  xícara (chá) de chocolate em pó
1 colher (sopa) de bicarbonato
½  xícara (chá) de açúcar mascavo
2 colheres (chá) de canela em pó
1 colher (chá) de cravo moído
1 colher (chá) de noz-moscada
1 colher (sopa) de manteiga derretida

Cobertura
½  xícara (chá) de creme de leite
250 g de chocolate picado
1 colher (sobremesa) de conhaque
cerejas em calda, nozes e folhas de hortelã para decorar.

Modo de Fazer
Para a massa, leve ao fogo 500 ml de água junto com a casca de laranja. Deixe ferver por cinco minutos até formar um chá bem perfumado. Retire do fogo, junte o mel, o rum e deixe esfriar. Em uma tigela, coloque a farinha de trigo peneirada, o chocolate em pó e o bicarbonato. Acrescente o açúcar mascavo, a canela, o cravo, a noz-moscada e vá acrescentando aos poucos o chá frio e a manteiga derretida, batendo com uma colher de pau até obter uma massa lisa e homogênea. Coloque em uma assadeira retangular média sem untar e sem enfarinhar. Asse em forno médio sem pré-aquecer por aproximadamente 40 minutos ou até que, ao colocar um palito no centro da massa, este saia limpo.
Para a cobertura, leve ao microondas  o creme de leite e o chocolate picado por dois minutos. Adicione o conhaque e mexa com uma espátula até formar um creme liso. Despeje a cobertura de chocolate sobre o bolo desenformado e finalize decorando com as nozes, cerejas e folhas de hortelã.

POLÉN: ENERGIA PURA

Prato principal das abelhas, os pequenos grãos que elas colhem das plantas também são um tesouro nutritivo para o ser humano. A riqueza do pólen vem de uma parceria bem-sucedida: "O valor nutricional dos grãos é reforçado pela saliva das abelhas, repleta de enzimas, aminoácidos e vitaminas, usada para aglutinar as partículas e transportá-las".

É o único alimento que contém todos os 22 aminoácidos essenciais para a saúde humana. Quase todas as vitaminas foram identificadas no pólen, sendo particularmente rico em carotenos (vitamina A). Algumas variedades como o pólen de acácia contém 20 vezes mais caroteno que a cenoura, considerada a principal fonte dessa vitamina. É rico em rutina ou vitamina P, que fortalece os capilares, veias e artérias e reverte o endurecimento destas últimas e por isso é muito importante para o sistema cardiovascular, especialmente após os 40 anos.

O pólen é uma fonte preciosa de oligo-minerais com mais de 22 elementos. Os oligo-minerais são elementos químicos: titânio, níquel, cobalto, silício, etc., que o organismo humano necessita em pequenas quantidades e que não existem na maioria dos produtos alimentícios e também compostos flavonóides cuja função é prevenir as arterioscleroses, diminuir os níveis de colesterol, aliviar a dor e proteger de radiações. É rico em hormônios vegetais, que se sabe, não tem efeitos colaterais e tem surpreendente faculdade de regular às glândulas endócrinas, e por isso seu uso tem uma ação efetiva especialmente sobre a próstata, prevenindo a prostatite e o câncer de próstata.

Uma das principais qualidades do pólen é a sua contribuição na estabilização do equilíbrio nervoso. Contribui para a regeneração do sangue, especialmente no aumento da taxa de hemoglobina; assim, pode utilizar-se o pólen com bons resultados em casos de anemia, enfraquecimento e excesso de fadiga, esgotamento nervoso e depressão.

O pólen exerce ação reguladora das funções intestinais, especialmente para pessoas com intestino preguiçoso, pois regula a flora intestinal. É também indicado para problemas de obesidade por ser um poderoso complemento alimentar protéico, diminuindo a vontade de ingestão de carne.

Todos os produtos das abelhas, quando corretamente utilizados, possuem efeitos benéficos para a saúde humana e são uma dádiva da natureza. Contudo, devem sempre ser usados como complemento e manutenção da saúde.

SUCO DETOX COM PÓLEN

Ingredientes
1 folha pequena de couve
1 folha pequena  de alface
1 folha pequena de repolho
1 talo de salsinha
7 folhas de hortelã
5 folhas de espinafre
½ cenoura
½ pepino
1 copo de suco de uva integral
1 colher (sopa) de pólen
5 pedras de gelo


Modo de Fazer
Bata todos os ingredientes no liquidificador e tome sem coar.