sábado, 26 de setembro de 2015

CRANBERRY E SEUS BENEFÍCIOS

A Cranberry é uma fruta pequena, de cor vermelho escuro, nativa do leste da América do Norte. Existem dois tipos do fruto Vaccinium oxycoccos, que cresce em terrenos pantanosos do norte da América do Norte, norte da Ásia, e Europa central; e a Vaccinium macrocarpon mais encontrada na região leste do Canadá (Newfoundland) até as Carolinas nos EUA. No Brasil a fruta é chamada também de oxicoco. Pode ser consumida em forma de fruta seca e desidratada, sucos, geleias e cápsulas.

 A Cranberry tornou-se popular em função de suas propriedades benéficas ao sistema urinário, que perturbam principalmente as mulheres. Segundo estudos, o uso diário de produtos à base de cranberry, ao longo de um ano, pode reduzir em até 35% os casos de infecções urinárias como cistites, contaminação comum por bactérias que atingem mais da metade da população feminina pelo menos uma vez na vida. Nos homens, a cranberry auxilia no tratamento de doenças relacionadas à próstata e alterações hormonais são responsáveis pelo aumento de incidência de infecções.

 O consumo da Cranberrry é também benéfico para:

Reduzir o colesterol ruim LDL e promover o aumento dos níveis de HDL - colesterol bom

Prevenir as doenças cardiovasculares

Auxiliar na prevenção de úlceras pépticas, pois é capaz de inibir a adesão e proliferação do H. Pylori no epitélio gástrico

Contribuir para a produção de colágeno e elastina

Combater os radicais livres, retardando o envelhecimento precoce da pele.

Prevenir, principalmente, o câncer de mama

Inibir a colonização bacteriana na superfície dentária, prevenindo cáries e doenças periodontais

Auxiliar na prevenção do Mal de Alzheimer, já que é rica em compostos bioativos que protegem contra a degeneração de neurônios.

Reduzir a concentração de ácido úrico urinário, bem como os níveis plasmáticos, ou seja, ácido úrico sanguíneo.

Sugestão de consumo
O consumo diário recomendado de Cranberry desidratado ou in natura é de 45 gramas (2 colheres de sopa) ou 200ml de suco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário