sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

FELIZ 2012







APERITIVO DE DAMASCO COM CREAM CHEESE

Ingredientes
300 g de damascos
150 g de cream cheese
100 g de nozes ou sementes de papoula

Modo de Fazer
Corte os damascos horizontalmente até a metade para que possam ser recheados. Coloque cerca de uma colher (chá) de cream cheese no meio de cada damasco e aperte levemente. Com a própria colher, alise a borda de cream cheese. Coloque um pedaço de nozes em cima de cada damasco ou em um prato, espalhe as sementes de papoula, empane cada damasco pressionando o cream cheese nas sementes. Arrume os damascos recheados num prato de maneira harmoniosa. Sirva imediatamente como entrada ou leve à geladeira.

ARROZ COM LENTILHA

Ingredientes
2 xícaras (chá) de arroz branco
½ xícara (chá) de lentilha
3 xícaras (chá) de água
1 xícaras (chá) de vinho branco seco
1 colher (sopa) de óleo de canola
½ cebola picada
1 colher (chá) de pimenta-síria
sal a gosto

Modo de Fazer
Lave as lentilhas sob água corrente, coloque numa panela, cubra com bastante água, acrescente sal a gosto e leve ao fogo alto. Quando ferver abaixe o fogo e deixe cozinhar por cerca de 20 minutos ou até que as lentilhas fiquem macias. Escorra a água e transfira as lentilhas para uma tigela. Reserve.
Lave o arroz sob água corrente, coloque numa panela média, acrescente o óleo e leve ao fogo baixo. Quando esquentar, adicione a cebola, a pimenta-síria e tempere com sal. Refogue por cerca de 2 minutos ou até que a cebola fique transparente. Coloque o arroz lavado e refogue por mais 1 minuto. Aumente o fogo, junte o vinho branco e misture por 1 minuto. Regue com a água fervente e deixe o arroz cozinhar por cerca de 20 minutos ou até secar. Para verificar se ainda há água no fundo da panela, fure o arroz com um garfo. Quando a água começar a secar, prove o arroz para ver se já está cozido. Caso contrário, acrescente um pouco mais de água quente e deixe secar totalmente. Retire o arroz do fogo e misture com a lentilha reservada. Decore com as nozes e sirva a seguir.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

SALADA TROPICAL

Ingredientes
1 alface americana
1 maço de rúcula
15 morangos
1 lata de abacaxi cortado em pedaços
1 manga cortada em pedaços
200 g de camarões cozidos no sal
100g de azeitonas pretas
100g de azeitonas verdes sem caroço
100g de castanhas do pará picadas
100g de champignon fatiado
½ xícara de passas preta
50 ml de aceto balsâmico
azeite de oliva

Modo de Fazer
Depois de lavar bem a alface e a rúcula, corte todas as folhas verdes, com as mãos, em pedaços pequenos. Misture com os morangos e tempere com o azeite de oliva e o aceto balsâmico. Em seguida adicione as azeitonas verdes, as azeitonas pretas e o champignon Fatiado. Coloque em um prato para salada e enfeite com mangas, camarões cozidos com sal, e as castanhas do pará picadas.

TENDER À CALIFÓRNIA

Ingredientes
1 kg de tender desossado (minitender)
1 xícara (chá) de suco de laranja
1 xícara (chá) de vinho branco seco
6 colheres (sopa) de calda de abacaxi
1/4 xícara (chá) de mel
1 lata de abacaxi em calda
cravos-da-índia, flores comestíveis e ramos de
alecrim para decorar
 
Modo de Fazer
Numa tigela, misture o suco de laranja, o vinho branco e a calda de abacaxi. Coloque o tender, cubra com filme e leve à geladeira para marinar por no mínimo 12 horas. Se preferir, coloque o tender num saco plástico e feche bem.
Pré aqueça o forno a 180ºC (temperatura média). Transfira o tender e a marinada para uma assadeira. Com a ponta de uma faca afiada, risque a superfície do tender formando losangos e espete os cravos nas junções. Cubra o tender com papel-alumínio e leve ao forno pré aquecido para assar por 20 minutos. Retire e despreze o papel-alumínio. Besunte o tender com o mel. Volte o tender ao forno e deixe assar por mais 20 minutos. A cada 5 minutos, regue com o líquido da marinada. No centro de um prato, disponha o tender e distribua as rodelas de abacaxi ao redor. Coloque uma flor no meio de cada fatia de abacaxi e enfeite com os raminhos de alecrim. Sirva a seguir.

TORTA MOUSSE DE COCO QUEIMADO E BABA DE MOÇA

Ingredientes
2 gemas
8 biscoitos tipo maizena
2 colheres (sopa) de creme de leite
3 colheres (sopa) de leite de coco
Gotas de essência de baunilha a gosto
2 colheres  (sopa) de açúcar
1 colheres (sopa) de manteiga
1 folha de gelatina sem sabor
5 colheres (sopa) de coco fresco ralado


Modo de Fazer
Em uma panela, acrescente uma parte do leite de coco e o creme de leite, o coco fresco e a gelatina. Leve ao fogo brando, deixe desmanchar e acrescente uma gema. Bata bem e leve à geladeira até que ganhe consistência de mousse.
Para a baba de moça cozinhe em banho-maria a outra gema, metade do açúcar, o leite de coco e mexa sem parar, batendo até engrossar. Reserve. Em um processador, acrescente o biscoito, a manteiga, o restante do açúcar e a essência de baunilha. Bata até obter uma massa de base para torta.
Monte a torta com a ajuda de um aro. Comece pela base de biscoito, amassando bem a massa dentro do aro. Recheie com a mousse e por último na hora de servir, finalize com baba de moça.

PÉ DE ANJO

Ingredientes
Flan
1 clara
1 envelope de gelatina em pó sem sabor
1 xícara (chá) de água fria
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite com o soro
1 xícara de suco de maracujá puro
1 vidro de leite de coco
coco ralado, fresco ou seco, para decorar.
pitada de sal


Calda

1 maracujá pequeno com sementes
2 xícaras de água
1 xícara de açúcar



Modo de Fazer

Flan: Numa tigela refratária, dissolva (mexendo com um garfo) a gelatina na água fria. Leve ao microondas por 30/40 segundos (potência alta) Bata a clara em neve com uma pitada de sal. Reserve. No liquidificador, bata todos os ingredientes (menos as claras). Passe o creme para uma tigela e adicione a clara em neve, mexendo delicadamente com uma espátula. Coloque na forma que desejar, e leve à geladeira por no mínimo 6 horas. Para desenformar, mergulhe 2/3 da forma com o flan em recipiente com água quente, por 2 segundos. Seque a forma por baixo. Passe uma faca nas bordas. Coloque o prato de servir por cima da forma, e vire de cabeça para baixo, desenformando assim. Enfie a faca entre o flan e a forma para liberar a entrada de ar, assim facilita).

Calda: Coloque todos os ingredientes numa panela e deixe ferver por uns 6 minutos em fogo baixo. Espere esfriar e coloque um pouco por cima do flan. Sirva o restante separado, em uma molheira. Decore com coco ralado

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

NATAL 2011

Agradecemos a todos que conosco compartilharam os inúmeros sucessos de 2011, nossos fornecedores, nossos colaboradores e principalmente nossos clientes.
Todos que de alguma forma passaram pela história da Balaio Produtos Naturais.
Desejamos que em 2012 possamos estar juntos em mais uma etapa de sucesso, focando o maior de todos os resultados ... Paz e Prosperidade!


BOAS FESTAS E FELIZ 2012

CHESTER DE NATAL

Ingredientes
1 chester em média de 2,5 kg
200g de requeijão cremoso ou catupiry
1 colher (sopa) de manteiga
2 xícaras (chá) de água
1 garrafa de champanhe
100g damascos picados
100g uvas passas escuras
200g cerejas marrasquino picadas
200g de ricota amassada
1 cebola pequena ralada
1 colher (chá) de gengibre ralada
2 colheres (chá) de ervas finas
1 colher (café) de noz moscada
1 colher (sopa) de amido de milho
azeite de oliva extra virgem
1 colher (café) de sal

Modo de Fazer
Tempere o chester com a champagne e reserve. Em panela, frite a cebola no azeite de oliva, acrescente o gengibre, as ervas finas, a noz moscada e reserve por uma hora. Depois desse tempo adicione a ricota, as cerejas, os damascos, as uvas passas, o requeijão, a salsinha, misture tudo muito bem e recheio o chester.
Unte o chester com manteiga, coloque na assadeira e leve ao forno (200°C) por aproximadamente 1 hora coberto com papel alumínio. Após este tempo, retire o papel alumínio e deixe mais uns 40 minutos para dourar. Retire o chester da assadeira, coloque água na mesma e coe o caldo que ficar. Leve esse caldo, já coado, ao fogo e engrosse com o amido de milho dissolvido na água. Sirva com o chester.

ARROZ COM CHAMPANHE E AMÊNDOAS

Ingredientes
3 xícaras (chá) de arroz cru
1 tabletes de caldo de galinha
2 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de óleo
1 cebola pequena picada
2 xícara (chá) de amêndoas laminadas tostada
4 colheres (sopa) de salsinha picada
5 xícaras (chá) de água fervente
1 xícara (chá) de champanhe

Modo de Fazer
Numa panela, aqueça a manteiga, o óleo e refogue a cebola até dourar. Adicione o arroz e refogue mais um pouco. Acrescente o caldo de galinha, a água fervente e deixe a panela parcialmente tampada. Quando começar a ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar até que o arroz esteja quase seco. Adicione o champanhe, e deixe cozinhar até o arroz secar. Desligue o fogo, acrescente as amêndoas e a salsinha, misture bem e deixe descansar por 5 minutos. Antes de servir, polvilhe com mais amêndoas.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

FAROFA DE VERÃO

Ingredientes
100g de bacon defumado fatiado, cortado em tiras
2 colheres (sopa) de margarina
1 colher (sopa) de cebola
1 dente de alho amassado
1 xícara (chá) de salsão picado
1 xícara (chá) de champignon picado
1 xícara (chá) de maçã cortada em cubos
1 xícara (chá) de damasco picado
½ xícara (café) de uva-passa preta, sem sementes
1 colher (sopa) de manjericão picado
1 colher (chá) de orégano
1 colher (sopa) de salsa picada
½ xícara (chá) de queijo provolone ralado
2 xícaras (chá) de farinha de rosca

Modo de Fazer
Em uma panela, aqueça a margarina e doure o bacon. Acrescente a cebola, o alho, o salsão e deixe refogar. Junte o champignon, a maçã, o damasco, a uva-passa, o manjericão, o orégano e a salsa. Por ultimo, junte a farinha de rosca, mexendo sempre, desligue o fogo. Polvilhe o queijo provolone ralado e sirva a seguir acompanhando o chester.

SALPICÃO DE NATAL

Ingredientes
Salpicão
1 peito de frango defumado sem pele desfiado em lascas grossas
2 latas de abacaxi em calda cortado em pedaços
6 talos de salsão picados
2 xícaras (chá) de uvas passas brancas
2 colheres (sopa) de suco de limão
4 maçãs vermelhas cortadas em cubos pequenos
5 folhas de alface crespa ou mimosa para decorar

Molho
1 ½ xícara (chá) de creme de leite
6 colheres (sopa) de maionese
4 colheres (sopa) de mostarda
4 colheres (chá) de curry

Modo de Fazer
Salpicão
Numa vasilha grande, misture bem todos os ingredientes (menos a alface) e reserve.

Molho
Numa vasilha pequena, coloque o creme de leite, a maionese, a mostarda e o curry. Misture até obter um creme homogêneo. Coloque em uma molheira e reserve. Forre uma travessa com as folhas de alface e acomode sobre elas o salpicão de frango desfiado. Sirva com o molho.

PUDIM DE NOZES

Ingredientes
4 ovos
200g de nozes moídas
1 xícara (chá) rasa de açúcar
2 latas de leite condensado
1 lata (a mesma medida) de leite
2 colheres (sopa) de achocolatado
20 g de nozes inteiras
Fios de ovos e cerejas para decorar

Modo de Fazer
Leve uma forma com furo no meio ao fogo médio, coloque nela o açúcar e deixe derreter. Quando o caramelo estiver pronto, vá virando a forma para cobrir o fundo e as laterais. Reserve. Triture as nozes no liquidificador, junte o leite condensado, o leite e o achocolatado e bata um pouco mais. Á parte, bata as claras em neve e adicione as gemas uma a uma. Misture ao creme batido no liquidificador e despeje na forma caramelizada. Asse em banho-maria, em forno médio por 40 minutos, coberto com papel alumínio. Retire o papel e asse por mais 20 minutos. Espere esfriar, coloque em um prato de bolo e leve á geladeira de um dia para o outro. Decore com fios de ovos, nozes inteiras e cerejas.

BOLO DE FRUTAS SECAS

Ingredientes
50g de damascos picados
50g de peras picadas
50g de Uvas Passas
50g de pêssegos picados
50g de Ameixas picadas
50g de nozes picadas
50g de amêndoas picadas

50g de figos picados
250g de manteiga
6 ovos
250g de farinha de trigo
250g de açúcar
200g de chocolate
1 cálice de vinho do porto
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
100ml de calda de caramelo
500g de chocolate em barra – 200g cortados em pedaços pequenos

Modo de Fazer
Na batedeira coloque o açúcar com a manteiga e bata bem. Em seguida acrescente as gemas, a calda, o chocolate em pedaços, o trigo, o chocolate em pó, o vinho, as frutas secas (reserve algumas para decorar o bolo) e, por último, as claras em neve. Misture tudo muito bem e coloque em uma assadeira. Leve ao forno por aproximadamente 35 minutos. Depois de assado e frio, derreta 300g de chocolate em barra e coloque em cima do bolo e logo em seguida decore com pêssegos, figos e peras.

domingo, 27 de novembro de 2011

FIGO SECO E SEUS BENEFÍCIOS

A figueira é uma árvore frutífera da Ásia Menor, tendo daí se expandido para a região do Mediterrâneo. Hoje acha-se aclimada no Brasil, para onde foi trazida no século XVI.
O figo seco é altamente nutritivo e uma rica fonte de fibra dietética, potássio, proteínas, minerais (ferro, fósforo, magnésio, cobre e zinco) e vitaminas (riboflavina e vitamina B6). O figo é conhecido pelo seu caráter curativo desde há muitos séculos.
Dentre as principais propriedades do figo, destacam-se o seu caráter nutritivo, tônico, laxante, diurético, expectorante e tópico emoliente. Está indicado o seu uso interno para casos de astenia física e nervosa em crianças, adolescentes, convalescentes, desportistas, mulheres grávidas, irritações gastrintestinais, obstipação intestinal, estados febris, transtornos menstruais e inflamações pulmonares e urinárias. O figo é de fácil digestão e laxante, devido ao seu elevado número de sementes e ao seu teor em fibra. Um par de figos diários faz mais pela manutenção da saúde da flora intestinal que qualquer outro alimento ou produto farmacêutico.
O efeito diurético do figo deve-se ao elevado teor em potássio que o torna num alimento alcalinizante. Ele apresenta o valor de pH mais básico (alcalino) de todos os alimentos. Por isso, é muito adequado para neutralizar alimentos ácidos, como a carne, massas elaboradas com farinhas refinadas e os doces.

BOLO DE FIGO

Ingredientes
½ kg de figos secos
½ kg de nozes picadas
3 ovos
2 xícaras (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de leite
½ xícara (chá) de óleo
1 colher (chá) de baunilha
2 ½ xícaras (chá) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
manteiga
farinha de rosca

Modo de Fazer
Pique os figos e as nozes, coloque em uma tigela grande, misture e reserve. Na batedeira, bata os ovos até ficarem esbranquiçados. Junte o açúcar e continue batendo. Batendo sempre, acrescente o leite, o óleo e a baunilha. Junte a farinha peneirada com o fermento misturando delicadamente. Despeje a massa sobre as frutas reservadas e misture bem. Unte e enfarinhe (com a farinha de rosca) uma fôrma redonda com buraco no meio. Despeje a massa e asse em forno pré aquecido durante de 30 minutos até que, espetando um palito no meio da massa, este saia limpo. Deixe esfriar durante pelo menos 15 minutos antes de desenformar. Decore, se quiser, com fatias de laranja.

BENEFÍCIOS DA AVELÃ

A avelã vêm da árvore do mesmo nome, e talvez sejam mais famosamente conhecida nos dias de hoje por seu uso em confecções, como praline, trufas de chocolate ou Nutella. O país que produz o maior número de avelã no mundo é a Turquia, seguida pela Itália e os EUA. Avelã são uma excelente fonte de micronutrientes, como as vitaminas E, B, B1, B2, B9, A, C, e em proteínas, fibras, vitaminas e minerais como: potássio, cálcio, magnésio, fósforo e manganês. E mais importante, as avelãs contêm um rico suprimento de fitoesteróis, que são uns dos antioxidantes mais poderosos da natureza.

Os Benefícios da Avelã

Sistema Cardiovascular: As avelãs são ricas em gorduras insaturadas, do tipo que são realmente bons para o coração. Grande parte dessa gordura é ácido oleico, que pode reduzir o LDL colesterol “ruim” e aumentar o “bom” tipo HDL. Uma xícara de avelã contém quase metade da nossa quantidade diária recomendada de magnésio, um mineral que regula os níveis de cálcio nos músculos. Quando os níveis de cálcio são elevados o coração pode contrair-se, e bater irregularmente. Quantidades adequadas de magnésio mantém o coração saudável.

Prevenção do Câncer: Estudos descobriram que o tipo de alfa-tocoferol da avelã e rico em vitamina E, e pode reduzir o risco de câncer na bexiga. Além disso, o manganês é tão abundante na avelã que vai proteger o corpo contra o câncer. O manganês é um constituinte de uma enzima antioxidante produzido nas mitocôndrias das células para proteger o corpo contra o câncer.

Músculos: Magnésio desempenha um papel importante na regulação da quantidade de cálcio que entra e sai das células do corpo. A quantidade adequada de cálcio no momento adequado estimula a contração muscular, e permite que os músculos relaxem quando eles não são necessários. Isso evita a tensão muscular, dor, espasmos, cãibras e fadiga. De acordo com um estudo italiano, níveis mais elevados de magnésio também aumentou a força dos músculos.

Saúde da Pele: Uma xícara de avelã contém 86% da dose diária recomendada de vitamina E. A vitamina E protege a pele contra os efeitos nocivos da radiação ultravioleta, como o câncer de pele e envelhecimento precoce.

Saúde Óssea e Articular: Cerca de dois terços do magnésio, o corpo vai no sentido de construir a estrutura e a força do sistema esquelético. O magnésio é um mineral essencial na composição dos ossos, e é por isso que o corpo armazena magnésio adicional sobre a superfície dos ossos a ser usado no caso de uma deficiência de emergência. As avelãs são também ricas em manganês, um mineral essencial para o crescimento e resistência dos ossos. As mulheres na pós-menopausa são muitas vezes deficiente em manganês e pode beneficiar da sua capacidade de aumentar a densidade do osso, e combater a osteoporose.

Sistema Nervoso: O sistema nervoso precisa de aminoácidos para funcionar, e os aminoácidos precisam de vitamina B6. Avelãs são ricas em vitamina B6. Além disso, a vitamina B6 é necessária para a criação de mielina, a bainha isoladora do nervo que aumenta a velocidade e eficiência de impulsos elétricos, o que permite ao sistema nervoso funcionar otimamente. Além do mais, a vitamina B6 é fundamental para a síntese dos neurotransmissores serotonina, melatonina, e adrenalina.

Trato digestivo: As avelãs são ricas em manganês, o que é um ativador da enzima e um catalisador para a síntese de ácidos gordos e do colesterol. Promove também a proteína e o metabolismo de hidratos de carbono. O alto teor de fibras na avelãs garante um movimento regular de comida e resíduos através do trato digestivo, distribuindo a carga de trabalho de maneira uniforme ao longo do caminho e promove o equilíbrio de substâncias químicas e micro organismos necessários para um sistema digestivo saudável.

Rico em Vitaminas B: avelãs são ricas em vitaminas B1 (tiamina), B2 (riboflavina), B3 (niacina), B5 (ácido pantotênico), (ácido fólico) B6 e B9. Contamos com as vitaminas B para desmantelar proteínas, gorduras e hidratos de carbono para nós, proporcionando-nos, assim, com a energia de que precisam para funcionar. A vitamina do complexo B é usado em todo o corpo, especialmente para a saúde do sistema nervoso. As vitaminas do complexo B aliviam o stress, ansiedade e depressão. Além disso, melhoram a memória e são necessárias para a produção dos neurotransmissores, como a serotonina. B9 Ajuda na síntese dos hormônios e riboflavina, e é necessária para os glóbulos vermelhos saudáveis. Niacina melhora a saúde da pele garante o funcionamento normal do sistema digestivo e nervoso. Algumas vitaminas B ajudam a construir e reparar o DNA danificado.

GELADO DE BANANA, CHOCOLATE E AVELÃ

Ingredientes
Gelado
300 g de chocolate meio amargo
1 vidro pequeno de creme de avelã (separe 1 colher de sopa rasa)
2 bananas prata maduras amassadas
1 ½ xícara de creme de leite fresco batido em picos mole

½ xícara de avelãs sem casca assadas e picadas grosseiramente
Calda
1 colher (sopa) de creme de avelã
½ xícara de creme de leite fresco sem bater
50 g de chocolate meio amargo


Modo de Fazer
Gelado
Unte uma forma de bolo inglês de 20×10 com óleo e forre com papel-manteiga, deixando duas pontas compridas nas laterais. Reserve. Derreta o chocolate em banho-maria ou no microondas por 1 minuto, misture o creme de avelãs com um batedor (fuêt). Espere esfriar e acrescente a banana amassada. Delicadamente inclua o creme de leite batido. Distribua a mistura na fôrma, cubra com papel manteiga, nivele ligeiramente com as mãos e leve ao freezer por pelo menos 3 horas ou até ficar bem firme. Desenforme em uma travessa para servir puxando as laterais e se necessário coloque na boca do fogo baixo por 5 segundos.
 
Calda
Leve ao fogo bem baixo e mexa com um batedor até incorporar os ingredientes, se necessário acrescente um tiquinho de leite. Deve ficar uma calda cremosa mas não muito densa. Coloque a calda por cima do gelado desenformado e acrescente as avelãs por cima.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

CASTANHA DO PARÁ

A noz do Brasil é um dos frutos secos nutricionalmente mais rico que existe. Também conhecidas como castanhas do Pará, estas sementes da planta chamada Bertholletia excelsa se cultivam em boa parte do sul americano, incluindo Bolívia, Peru e, obviamente, Brasil. Muito ricas em nutrientes de todo tipo, bastante calóricas e indicadas por suas propriedades a castanha do Pará é cada vez mais populares no mundo inteiro.
 
Propriedades da Castanha do Pará

 Muitas calorias e nutrientes: atenção na hora de consumi-las, já que proporcionam mais de 600 calorias para cada 100 gramas. Além disso, são riquíssimas em nutrientes de todo tipo. Mas, especialmente, são uma ótima fonte de selênio e com uma ou duas por dia, você garante seu sustento desse mineral.


• Ricas em vitamina E e ótimas para a pele: as nozes do Brasil têm um enorme conteúdo de vitamina E, que está associada com a juventude. Por conseguinte, seu consumo é excelente para a pele, combater rugas e mais. É muito normal que seja incluída em alguns tratamentos estéticos de beleza por estas qualidades.

• Boas para o colesterol: ao serem uma fonte de ácidos graxos naturais (cerca de 60% do seu conteúdo pertence a lipídios), são boas para reduzir o colesterol ruim e subir os níveis do bom. As nozes do Brasil são especialmente ricas em ômega 6.

 Ricas em proteínas: sabia que são um dos frutos secos com maior quantidade de proteínas? Se bem que, como foi dito, seu conteúdo de gorduras faz que você não tenha que se exceder com estas nozes.

• Acredita-se que poderiam ser anticancerígenas: estima-se que, por seu conteúdo de selênio, as nozes do Brasil teriam a capacidade de prevenir determinados tipos de câncer. Mas, de qualquer forma, não se deve exagerar no consumo deste mineral, já que um pequeno consumo destas nozes - como se apontou - basta para cobrir as necessidades desta substância.

SALADA AO PESTO DE ATUM E CASTANHA DO PARÁ

Ingredientes
1 embalagem de Macarrão Gravatinha com Ovos
3 tomates maduros, em cubos
200g de castanha-do-pará, trituradas
6 colheres (sopa) de azeite
½  maço de salsinha
½  xícara (chá) de queijo parmesão, ralado
2 latas de atum sólido
200g de mussarela, em cubos
150g de azeitonas pretas, picadas
1 dente de alho, picado
sal a gosto


Modo de Fazer

Leve ao liquidificador o azeite, acrescente o azeite das latas de atum, o alho, a salsinha, o queijo parmesão ralado, 50g de castanha-do-pará trituradas, acerte o sal e bata até envolver bem todos os ingredientes.
Numa panela grande, ferva 5 litros de água com sal e cozinhe a massa. Para isso, coloque a massa e mexa de vez em quando, até que a água volte a ferver. Deixe cozinhar de acordo com o tempo indicado na embalagem ou até que fique “al dente”, ou seja, resistente à mordida. Escorra a massa e esfrie em água corrente.
Num refratário grande, acomode a massa, regue o pesto de atum e envolva bem com a ajuda de dois garfos grandes. Junte o atum, os tomates, a mussarela, as azeitonas pretas, mexa delicadamente, salpique a castanha-do-pará restante e sirva a seguir.
Toques do Chef: Monte a salada em porções individuais. Disponha sobre cada prato folhas de alface, que podem ser de diferentes tipos. Acomode e salada e mantenha na geladeira até o momento de servir.
Rendimento: 8 porções

TORTA DE CASTANHA DO PARÁ

Ingredientes
Massa
12 ovos
12 colheres (sopa) de açúcar
1 gota de essência de baunilha
8 colheres (sopa) de castanha-do-pará crua ralada
4 colheres (sopa) de farinha de trigo


Recheio e Cobertura.

2 e 3/4 de xícara (chá) de açúcar
2 xícaras (chá) de água
250 g de polpa de maracujá
6 claras
6 colheres (sopa) de açúcar


Modo de Fazer

Massa
Aqueça o forno a 200ºC. Na batedeira, bata as claras até ficarem bem crescidas. Junte as gemas, uma a uma, e bata a cada adição. Acrescente o açúcar aos poucos sem parar de bater. Retire da batedeira e adicione a baunilha, a castanha do pará e a farinha. Misture delicadamente com um batedor e despeje em uma forma de aro removível untada e enfarinhada. Asse até que, enfiando um palito, ele saia limpo. Desenforme e reserve.

Recheio e Cobertura

Leve uma panela ao fogo com o açúcar, a água e cozinhe até formar uma calda rala. Adicione o maracujá e deixe no fogo alto até dar ponto de geléia. Mexa de vez em quando. Retire da panela e deixe esfriar. Corte o bolo frio ao meio, no sentido horizontal, e recheie com o doce de maracujá. Reserve. Bata as claras em neve e junte o açúcar. Bata mais até formar picos firmes. Cubra o bolo e decore com calda de caramelo e castanhas-do-pará torradas.

LICOPENO: BENEFÍCIOS PARA A SAÙDE

O licopeno é um carotenóide que confere a cor avermelhada aos alimentos (tomate, melancia, pimentão, etc.) e como todo o carotenóide funciona como um poderoso antioxidante que age na neutralização de radicais livres, proporcionando proteção contra danos oxidativos, além de estimular a função do sistema imunológico e prevenir a formação de placas de gordura nas artérias, reduzindo os riscos de doenças cardiovasculares. Entretanto, na nutrição humana, até recentemente, atenção especial havia sendo dada para aqueles carotenóides com atividade pró-vitamina A, como o alfa-caroteno e o beta-caroteno. Somente agora o licopeno tem merecido destaque, sendo considerado o carotenóide mais promissor para a nutrição e saúde humana, apresentando uma atividade antioxidante dez vezes maior que o beta-caroteno.

Este poderoso antioxidante está sendo usado no combate à esterilidade masculina e na prevenção da osteoporose feminina no período pós menopausa. Estudos mostraram que o consumo deste carotenóide pelo menos duas vezes na semana reduz em 34% os riscos de câncer de próstata. Alguns trabalhos associam níveis elevados de licopeno a uma menor incidência de câncer de mana devido a sua ação antioxidante, o que minimiza o estresse oxidativo, uma das causas da doença

A melhor fonte de licopeno é o tomate. É um alimento pouco calórico, com seus efeitos antioxidantes, fonte de fibras e bem utilizado na culinária pela sua cor, melhorando a aparência dos pratos. O tomate é matéria prima que pode entrar em diversas refeições. Quanto maior a concentração de tomate em uma receita, maior o teor de licopeno e os benefícios por ele proporcionados. Este possui maior aproveitamento quando combinado a uma pequena quantidade de gordura, preferencialmente do tipo monoinsaturada. Outra característica observada pelos estudos foi que o calor aumenta a biodisponibilidade do licopeno, ou seja, esse fitoquímico é melhor absorvido pelo nosso organismo quando os tomates são cozidos

BOLO DE TOMATE

Ingredientes
3 gemas
3 claras em neve
½ xícara (chá) farinha de trigo
1 caixinha de creme de tomate
5 colheres (sopa) de manteiga
2 copos de iogurte natural
½ xícara (chá) de queijo parmesão
8 azeitonas verdes sem caroços e picadas
1 colher (sopa) de fermento
sal, salsa e pimenta a gosto

Modo de Fazer
Unte uma assadeira pequena e pré aqueça o forno. Na batedeira, bata as gemas e a manteiga, acrescente o iogurte, a farinha e o creme de tomate e bata bem até obter um creme homogêneo. Adicione as azeitonas, o fermento, as claras em neve e misture delicadamente. Coloque na assadeira e leve ao forno durante 40 minutos. Sirva em seguida.

CANELONE DE TOMATE SECO E RÚCULA

Ingredientes
1 Kg de massa pronta para canelone
Recheio
400 g de tomate seco picado
2 maços de rúcula picada
600 g de mussarela de búfala
Molho
2 caixas de molho tipo bechamel
2 xícaras (chá) de leite
2 latas de creme de leite
200 g de queijo parmesão ralado
sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de Fazer
Para o recheio, misture todos os ingredientes e recheie os canelone. Coloque em um refratário, um ao lado do outro.
Para o molho, misture todos os ingredientes e coloque por cima dos canelones. Leve ao forno pré aquecido durante 30 minutos. Polvilhe queijo parmesão e sirva a seguir.

LECITINA DE SOJA: BENEFÍCIOS

A Lecitina é um complexo de fosfolipídios naturais isolados de soja. É constituída basicamente por vários nutrientes essenciais para o bom funcionamento do corpo humano. como: fósforo e potássio, colina (vitamina B), vitamina E e ácidos graxos essenciais conhecidos como ômega 6 e ômega 3 presentes na relação ideal para o corpo humano (1 parte de ômega 3 para 10 partes de ômega 6).

Benefícios da Lecitina de Soja
  • Reduz os níveis de colesterol alto, especialmente o “colesterol mau” (LDL), e aumentar por sua vez o “bom colesterol” (HDL)
  • Melhora as capacidades cognitivas diversas como a aprendizagem, a memória e a concentração, devido à presença da fosfatidilcolina, que eleva a concentração de acetilcolina no cérebro.
  • Evita o acúmulo de gorduras no fígado, favorecendo a absorção e a utilização da vitamina A e do caroteno, aumentando o nível de tal vitamina no sangue.
  • Melhora a absorção das vitaminas lipossolúveis, ou seja, as vitaminas E, D e K
  • Ajuda a regenerar e reviver as células cerebrais “preguisosas”
  • É capaz de manter a elasticidade da pele e favorece a hidratação da mesma
  • Diminui os requerimentos de insulina ao favorecer a absorção e o metabolismo dos açúcares e dos amidos no pâncreas
  • Aumenta o fornecimento de gamaglobulina à corrente sanguínea e isto favorece a imunidade contra as bactérias infecciosas
  • Diminui a fadiga e o cansaço, devido à presença do fósforo
  • Auxilia na fragmentação da gordura, aumentando a eficiência da digestão devido ao seu poder emulsificante
  • Corrige as diferenças de colina e outros agentes lipotrópicos que possam causar á degeneração hemorrágicas dos rins
  • É útil no tratamento de problemas da pele como: psoríase, pele seca, eczema, esclerodermia, atrofia senil da pele, seborréia, acne e a formação de quelóides causada pela absorção de gorduras.
A Lecitina  pode ser encontrada na forma líquida, granulada ou pó e possui nutrientes essenciais que trazem muitos benefícios á saúde, contribuindo para a cura e prevenção de várias doenças. Lembre-se que a Lecitina não é um medicamento e sim um complemento alimentar e sua ingestão deve sempre ser acompanhada de uma alimentação saudável e atividade física.

É bom saber: A lecitina granulada ou pó possuem em torno de 50% mais colina do que a lecitina líquida, sem maiores diferenças em relação aos outros compostos.

BOLO DE CENOURA SEM OVOS

Ingredientes
Massa
3 cenouras raladas
3 colheres (sobremesa) de lecitina de soja
½ xícara de óleo
1 ½ xícara de açúcar
3 xícaras de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento

Calda
1 copo de leite de soja
2 colheres (sopa) de açúcar
2 colheres (sopa) de chocolate em pó
1 colher (chá) de creme vegetal

Modo de Fazer
Para a massa, coloque em um recipiente coloque a farinha de trigo e o fermento. Reserve. Bata o restante dos ingredientes no liquidificador. Misture essa "massa liquida" com a farinha e o fermento, até obter uma massa homogênea. Unte uma assadeira e coloque a massa. Leve para assar em forno médio/baixo por aproximadamente 40 minutos.
Para a calda coloque todos os ingredientes numa panela e mexa até levantar fervura e engrossar. Coloque sobre o bolo e sirva.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

DENTE DE LEÃO

O Dente-de-Leão (Taraxacum officinale) é uma planta medicinal herbácea com inflorescências brancas ou mesmo amarelo-brilhante, conhecido no Brasil também pelos nomes populares: taraxaco, amor-de-homem, amargosa, alface-de-cão ou salada-de-toupeira. No Nordeste é conhecida por “esperança” (abre as janelas e deixa a “esperança” entrar na tua casa trazida pelo vento da tarde).


O Dente-de-Leão contém mais valor nutritivo que a grande maioria dos outros vegetais. É particularmente rico em vitamina C, riboflavina, B6 e tiamina, minerais como: cálcio, potássio, magnésio e ferro, proteínas, inulina e pectina. O seu conteúdo de carotenóides é extremamente elevado, o que se reflete no seu alto valor em vitamina A ( mais alto do que o da cenoura).

Benefícios do Dente-de-Leão
  • Poderoso diurético, com altíssimo teor de potássio em sua composição (pesquisa realizada em 1974 e publicada no “ Journal of Planta Medica
  • Excelente reparador da função do fígado, porque ajuda a eliminar toxinas e a limpar os canais biliares
  • Limpa as deposições de substâncias tóxicas nos rins, atuando como depurativo do sangue
  • Possui propriedades desinfetantes que inibem o crescimento microbiano no sistema urinário
  • Auxilia nos casos de obstipação intestinal, por ser um laxante suave e natural
  • Estimula a produção de insulina pelo pâncreas e, assim, ajuda a manter baixo o nível de açúcar no sangue
  • Ajuda no tratamento das varizes e hemorróidas, pois seus componentes atuam melhorando a circulação sanguínea
  • Evita o enfraquecimento e perda de densidade óssea, devido presença da vitamina C e da luteolina
Os benefícios do dente de leão são comprovados pela sabedoria popular, bem como, por pesquisas científicas desenvolvidas em todo o mundo, principalmente na Alemanha, onde é muito popular.

A GRAVIOLA E SEUS BENEFÍCIOS

A graviola é uma fruta originária das Antilhas, encontrada em quase todos os países tropicais. Segundo historiadores teria sido introduzida no Brasil pelos portugueses no século XVI, sendo cultivada principalmente nos estados do Norte e Nordeste. Prefere climas úmidos, baixa altitude, e não exige muito em relação a terrenos.


A graviola possui folhas verdes brilhantes e flores amareladas, grandes, isoladas, que nascem no tronco e nos ramos. O fruto tem forma oval, com peso que varia de 750 gramas a 8 quilos. Tem uma polpa branca, suculenta e ligeiramente ácida, muito aromática, com muitas sementes pretas, semelhantes à fruta-do-conde. A casca é verde-escura quando o fruto está se desenvolvendo e verde-clara brilhante em frutos maduros.

A graviola destaca-se também como uma diversificada fonte de nutrientes, rica em carboidratos, por isso, boa fonte energética, glicídios, proteínas, minerais como: cálcio, fósforo, ferro, potássio, vitamina C e vitaminas do complexo B.

Por se tratar de uma fruta com riquíssima composição nutricional, a graviola apresenta inúmeras propriedades terapêuticas, podendo ser utilizada em sua totalidade. Aproveitam-se as folhas, as flores, os brotos, os frutos verdes ou maduros. A graviola pode ser utilizada sob a forma in natura ou sob a forma de chá.

Dentre as propriedades terapêuticas da graviola pode-se destacar o seu potencial diurético, digestivo, adstringente, vitaminizante, antiinflamatório, anti-reumático, bem como sua propriedade antiespasmódica, antitussígena e de controle da glicemia. Porém, uma das maiores descobertas sobre a graviola foi sua sensacional capacidade de agir contra as células do câncer.

Há pesquisas nos EUA indicando que vários dos ingredientes ativos da graviola matam as células malignas de 12 diferentes tipos de câncer, incluindo mama, ovário, cólon, próstata, fígado, pulmão, pâncreas e linfomas, sem produzir efeitos colaterais. A partir de extratos extraídos desta poderosa árvore será possível combater o câncer com uma terapia completamente natural, que não causa efeitos secundários severos como náuseas, perda de cabelo, etc, provenientes da quimioterapia. Diferente da quimioterapia a graviola não destrói células saudáveis, possuindo ação seletiva. Proteger o sistema imunológico e evitar possíveis infecções também será possível com o uso da graviola.

A graviola promete proporcionar um tratamento diferenciado no combate ao câncer proporcionando sensação de força e vitalidade, além de melhorar a perspectiva de vida.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

ÓLEOS ESSENCIAIS: PARTE II

FORMAS DE UTILIZAÇÃO
A Aromaterapia, basicamente, procura transmitir toda a energia (a força vital da planta) concentrada nos óleos essenciais. Afinal, esta energia pode atuar positivamente sobre nosso corpo e mente, trazendo bem estar geral e melhorando nossa qualidade de vida. Mas é imprescindível alertar que o tratamento terapêutico utilizando os óleos essenciais deve sempre ser administrado por um profissional da área, capaz de avaliar e acompanhar os aspectos físicos, mentais e emocionais. Neste sentido, os óleos essenciais são comumente empregados de três formas distintas: por inalação, absorção pela pele ou ingestão.

Inalação
É considerada a forma mais segura de utilização dos óleos essenciais. Aqui uma parte do aroma inalado vai para os pulmões via traquéia, penetra nos brônquios, bronquíolos e alvéolos e passa para a corrente sangüínea nas trocas gasosas. Em paralelo, a outra parte do aroma vai ate o cérebro e estimula determinadas áreas do sistema límbico e do hipotálamo, que controlam a maioria das funções vegetativas e endócrinas do corpo. Os óleos essenciais podem ser utilizados para inalação, colocando-se algumas gotas em um lenço, na fronha do travesseiro ou em um difusor de aromas de vela/lâmpada ou elétrico.

Absorção pela pele
Na Aromaterapia a via de administração mais utilizada é a cutânea, pois além da ação farmacológica das substâncias que compõem o óleo, a massagem por si só traz claros benefícios. No entanto, é imprescindível saber fazer a diluição do óleo essencial nos óleos vegetais, também chamados de óleos carreadores (óleo de semente de uva, óleo de girassol, óleo de amêndoa, etc) para se obter uma melhor ação terapêutica. Não se deve utilizar o óleo essencial puro diretamente no corpo.

Uso oral ou ingestão
É a forma de utilização que permite uma ação mais rápida, mas que também oferece maiores riscos de intoxicações, sendo indispensável, nesse caso, a supervisão de um especialista para se evitar efeitos e reações indesejáveis.

PERFIL DOS ÓLEOS ESSENCIAIS
A informação do perfil de cada óleo nos ensina os usos terapêuticos e cosméticos, os aromas e os componentes principais. Esse perfil nos ajuda também a conhecer as partes principais da Aromaterapia. Para mais informações sobre a Aromaterapia (Cursos), click no link http://www.eradourada.com.br/

Citronela - Cymbopogon nardus
É uma erva tropical, cresce junto ao mar e suas melhores variedades vêm do Sri Lanka, Java e Indonésia. O óleo essencial de citronela é eficaz para problemas reumáticos, entorses e dores musculares. Além de ser anti-séptico, germicida, antiespamódico, fungicida, condicionador cutâneo, antiinflamatório, antidepressivo e tônico mental. Grama perene é utilizada também como ótimo repelente de insetos, seguro para a saúde humana e animal. Pode ser usada também para desinfetar ambientes.

Cravo - Eugenia caryophyllata
Seu óleo é obtido a partir da destilação dos botões das flores. É um excelente tônico aromático e afrodisíaco e pode auxiliar no combate da impotência e frigidez. É anti-séptico, estimulante, analgésico e cicatrizante e também é efetivo em casos de diarréia, vômito, espasmos, flatulência, dores de estômago, dispepsia, úlceras e astenia. É ótimo para desinfetar o ambiente durante o período de doenças infecciosas, bem como, um excelente bactericida, aumentando a resistência aos germes, se for vaporizado com freqüência durante o inverno. Pode causar irritações na pele, portanto deve ser sempre diluído e usado com cuidado e moderação quando aplicado sobre a pele.

Eucalipto - Eucalyptus globulus
Há séculos é usado como óleo medicinal. Destilado das folhas da árvore, o Eucalipto é um óleo quente e emana aroma semelhante à cânfora. É muito usado em inalações para aliviar os sintomas da gripe, sinusite e tosse com muco. É também um poderoso anti-séptico, podendo ser utilizado para eliminar germes aéreos, bem como, ajuda a reduzir o inchaço, aliviar dores musculares em reumatismos e artrites.

Gerânio - Pelargonium graveolens
O óleo essencial do gerânio é extraído das flores frescas, caules e folhas deste arbusto perene e tem perfume delicioso. Usado nos tratamentos para celulite e tensão pré-menstrual. Seu óleo regula a produção de óleos da pele. É levemente anti-séptico e suavizador cutâneo. Pode ser utilizado em cortes, escoriações e eczemas. Regula os hormônios, aliviando os efeitos da menopausa.

Continue acompanhando novas informações sobre os óleos essenciais nos próximos meses.

ÓLEO DE MASSAGEM PARA CELULITE

Ingredientes
100 ml de óleo vegetal de semente de uva
15 gotas de óleo essencial de laranja amarga
15 gotas de óleo essencial de limão
15 gotas de óleo essencial de zimbro/junípero


Modo de Fazer
Misture todos os ingredientes e coloque em um frasco de vidro âmbar. Utilize diariamente na massagem das partes do corpo afetadas pela celulite. Faça uma massagem suave, circular com leves pancadas com as mãos em concha.

REPELENTE PARA INSETOS

Ingredientes
12 gotas de óleo essencial de citronela
12 gotas de óleo essencial de eucalipto
6 gotas de óleo essencial de cedro
6 gotas de óleo essencial de gerânio
30 ml de álcool cereais


Modo de Fazer
Misture todos ingredientes e aplique com um borrifador somente na sua roupa, pois esta mistura pode ser muito forte para aplicar diretamente na pele. Esta receita contém uma grande quantidade de óleo essencial e é altamente concentrado, por isso não utilize como um óleo de massagem.

sábado, 29 de outubro de 2011

ÓLEO DE COCO


Os benefícios associados ao consumo do “Óleo de Coco” são reconhecidos e valorizados pela Medicina Ayurveda na Índia há quase três mil anos. Em sânscrito, o coqueiro é chamado de “kalpa vriksha”, que significa “árvore que fornece tudo que é necessário para a vida”.


10 MOTIVOS PARA CONSUMIR O ÓLEO DE COCO

1 - Ação  Antioxidante - Colabora na diminuição da produção de radicais livres. Isto se deve principalmente a ação direta da vitamina-E presente no “óleo de coco extra virgem”. Contrário a outras gorduras, principalmente em relação aos óleos poliinsaturados, a gordura de coco diminuiu as necessidades de vitamina E do organismo.

2 - Colesterol - Ajuda na redução do mau Colesterol – LDL e evita que o mesmo se oxide. Por outro lado, promove a elevação do bom Colesterol - HDL contribuindo assim na prevenção e tratamento das doenças cerebrais e cardiovasculares.

3 - Emagrecimento - De fácil absorção, a gordura de coco é a melhor fonte de TCM (Triglicerídeos de Cadeia Média), não necessita de enzimas para sua digestão e metabolismo. No fígado, estes triglicerídeos rapidamente se transformam em energia, desta maneira não se depositam no organismo. Por isso ela é considerada “termogênica”, ou seja, capaz de gerar calor e queimar calorias. Esta propriedade, aliada a capacidade que a gordura de coco tem de estimular a glândula tireóide, aumenta o metabolismo basal e, conseqüentemente: EMAGRECE!

4 - Sistema Imunológico - Atua na prevenção e no combate aos vermes, bactérias e fungos, restabelece a energia “roubada” por estes agentes. Conseqüentemente melhora a absorção dos nutrientes aumentando todas as defesas do organismo. A gordura de coco apresenta a maior concentração de ácido láurico, dentre todas as gorduras vegetais. No organismo o ácido láurico é convertido em monolaurin que tem ações para combater inúmeras infecções. (de carbono dos ácidos graxos).

5 - Função Intestinal - Tanto nos casos de prisão de ventre ou mesmo nas diarréias, os componentes da gordura de coco agem normalizando/regulando as funções intestinais. Ao mesmo tempo o ácido láurico, através do monolaurin, ajuda a eliminar as bactérias patogênicas (inimigas), protegendo e favorecendo o crescimento da “flora amiga”.

6 - Tireóide - Melhora o funcionamento da TIREÓIDE, tendo ainda ação “Anti-Envelhecimento” - Estudos realizados há mais de 30 anos comprovaram que a gordura de coco estimula a função da glândula tireóide. O bom funcionamento da Tireóide faz com que especificamente o mau colesterol – LDL, através do processo enzimático, produza os hormônios antienvelhecimento – Dhea, Pregnenolona, Progesterona. Todas estas substâncias são necessárias na prevenção de doenças cardiovasculares, senilidade, obesidade, câncer dentre outras doenças crônicas relacionadas à idade.

7 - Ação Cosmética - A gordura de coco pode ser aplicada diretamente sobre a pele e mesmo nos cabelos, funcionando com um “condiocinador” natural. Além de hidratar a pele e não conter radicais livres, previne rugas numa verdadeira ação antienvelhecimento. Isto se deve a “lubrificação” da pele, permitindo que os nutrientes do sangue cheguem até ela.

8 - Ação Dermatológica - Além do poder bactericida na pele, pode ser utilizada como cicatrizante de feridas, picadas de insetos, alívio em queimaduras e, sobretudo nos eczemas e dermatites de contato, bem como no tratamento do herpes e candidíase.

9 - Diabéticos - Controla a compulsão por carboidratos – Assim como os alimentos ricos em fibras ajudam a manter níveis estáveis de insulina no sangue, conseqüentemente facilitando a vida dos diabéticos, a gordura de coco proporciona uma sensação de saciedade ainda maior e, acima de tudo não estimula a liberação de insulina, contribuindo desta forma para diminuir o “craving” compulsão por carboidratos, principalmente a doces. Contrário aos demais óleos poliinsaturados que dificultam a entrada da insulina e nutrientes para dentro das células, deixando-as literalmente “famintas”, a gordura de coco “abre as suas membranas”, não somente permitindo que os níveis de glicose e insulina se normalizem, como também melhorando sua nutrição, restabelecendo os níveis normais de energia.

10 - Fadiga Crônica e Fibromialgia - Até recentemente estas duas entidades não eram reconhecidas pela medicina tradicional. Somente agora após uma grande divulgação na mídia da melhora clínica de milhares de pacientes, é que o tradicional “stablischment”, deu mão a palmatória, chegando mesmo a ser reconhecida pelo FDA, quando liberou um medicamento para combater este mal. Estas duas entidades muitas vezes se confundem e, há autores que afirmam que ambas têm a mesma etiologia. Porém a esmagadora maioria da classe médica ainda insiste em afirmar que estas duas afecções são na realidade um quadro depressivo mascarado, devendo por isso mesmo ser tratada com antidepressivos. Enquanto na Fibromialgia predomina o sintoma DOR, na Síndrome da Fadiga Crônica, predomina o Cansaço.